Mercado

Café: Bolsa de Nova York opera com leve alta nesta tarde de 4ª e anula parte das perdas recentes

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com leve alta nesta tarde de quarta-feira (31).

 

postado em 31/01/2018 | Há 3 semanas

31/01/2018

Depois de recuar nas duas últimas sessões e ficar abaixo do patamar de US$ 1,25 por libra-peso, o mercado do grão volta a subir em acomodação técnica e com nova suporte do câmbio, fator que impacta diretamente nas exportações.

Por volta das 12h30 (horário de Brasília), o contrato março/18 estava cotado a 122,95 cents/lb com alta de 65 pontos, o maio/18 subia 60 pontos, a 125,25 cents/lb. Já o vencimento julho/18 trabalhava com avanço de 60 pontos, negociado a 127,65 cents/lb, e o setembro/18 trabalhava com valorização de 65 pontos, cotado a 130,05 cents/lb.

Na véspera, as cotações futuras do arábica fecharam com queda de mais de 200 pontos repercutindo as oscilações do dólar e em ajustes técnicos depois que as cotações atingiram o nível de US$ 1,30/lb. Além disso, operadores no terminal externo também estavam bastante atentos às informações sobre a safra 2018/19 do Brasil, que é o maior país produtor e exportador do grão no mundo.

"Os futuros ficaram ligeiramente mais baixos com negociações especulativas ligadas à força do dólar americano. Os gráficos apresentam uma tendência lateralizada no momento e os especuladores permanecem muito vendidos e pode querer reduzir parte dessas posições", disse na véspera em relatório o analista de mercado e vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 440,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 430,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 440,00 a saca.

 

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Veja tambÉm: