Comércio

Empresa do mercado agro procura profissionais acima de 50 anos

Experiência é o diferencial para agregar valor à equipe da Albaugh Brasil

 

postado em 22/03/2017 | Há 8 meses

 

Assim como no filme "Um Senhor Estagiário", no qual Robert De Niro representa um profissional com 70 anos de idade que volta ao mercado de trabalho, muitas companhias têm buscado a experiência que ainda não encontram nas gerações mais novas. A Albaugh Brasil é uma delas.

A empresa norte-americana fabricante de defensivos agrícolas, instalada no Brasil em 2016, está procurando profissionais com mais de 50 anos. Com uma equipe predominantemente jovem, busca em colaboradores mais velhos experiência de vida e trabalho.

Segundo o presidente da Albaugh Brasil, Renato Seraphim, a inserção de gerações diferentes em um mesmo ambiente permite uma visão diferente das tarefas diárias e consequentemente o resultado ganha uma perspectiva completamente inovadora.  “Oprofissional com mais de 50 anos é avaliado pela experiência, capacidade de gerar resultado, diferencial competitivo, liderança e aderência ao mercado.”

Com essa iniciativa, a Albaugh está atenta à realidade do mercado de trabalho brasileiro. Apesar das incertezas e dos relatos de trabalhadores de faixa etária mais elevada sobre dificuldades para garantir colocação, os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que as pessoas com idade de 50 anos ou mais conseguiram aumentar a taxa de participação entre a população ocupada. De 2005 a 2015, o percentual subiu de 18,45% para 24,48%. Levando em consideração apenas o contingente com pelo menos 60 anos, a fatia subiu de 6,3% para 8,09%, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad).

Os interessados em fazer parte da equipe Albaugh Brasil devem enviar o currículo para o e-mail comunica@albaughbrasil.com.br

Albaugh

 

A Albaugh é uma empresa norte-americana, fundada em 1979, que produz defensivos agrícolas pós-patente e tratamento de sementes. Nos últimos anos, a empresa teve uma expansão considerável no mundo e hoje tem operações no Brasil, Argentina, México, Canadá, China e Europa, além dos EUA. Atualmente, ocupa o 13º lugar em faturamento no mundo entre as empresas de agroquímicos.

 

No Brasil, a companhia possui uma fábrica em Resende (RJ), quetem capacidade para produzir 10 mil t/ano de fungicidas cúpricos e conta com produção de herbicidas de última geração, totalmente automatizada, com capacidade de 54 milhões de litros/ano de herbicidas seletivos e não seletivos. A planta tem 16 mil m² e está recebendo investimentos para elevar sua capacidade produtiva. Além disso, tem um escritório central em São Paulo (SP).

 

A empresa comercializa no País cerca de 20 produtos entre fungicidas/bactericidas, inseticidas, acaricidas, herbicidas e reguladores de crescimento.

 

Veja tambÉm: