Estatísticas

Brasil vai produzir 9 milhões de sacas de conilon, diz nova estatística do IBGE

A segunda estimativa de 2017 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas feita pelo Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (IBGE ) totalizou 224,2 milhões de toneladas, 21,8% superior à obtida em 2016 (184,0 milhões de toneladas).

 

postado em 09/03/2017 | Há 7 meses

09/03/2017 - A segunda estimativa de 2017 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas feita pelo Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (IBGE ) totalizou 224,2 milhões de toneladas, 21,8% superior à obtida em 2016 (184,0 milhões de toneladas). A estimativa da área a ser colhida é de 60,3 milhões de hectares, apresentando acréscimo de 5,7% frente à área colhida em 2016 (57,1 milhões de hectares). Frente à informação de janeiro, a produção variou positivamente 1,3% e a área 0,8%.

Café conilon

A estimativa da produção alcança 540.189 toneladas, ou 9,0 milhões de sacas, aumento de 3,8% frente ao mês anterior. A área plantada e a área a ser colhida aumentaram 14,4% e 0,7%, respectivamente, enquanto o rendimento médio aumentou 3,0%. O GCEA/ES revisou as estimativas para o Espírito Santo, maior produtor nacional do café canephora (conillon).

A estimativa da produção deve alcançar 339.367 toneladas ( 5,656 milhões de sacas ), aumento de 6,1% frente ao mês anterior, reflexo dos aumentos de 1,1% na área a ser colhida e de 4,9% no rendimento médio. A área plantada foi revista para 312.255 hectares, aumento de 24,0%, renovando o ânimo dos produtores em investir nas lavouras e recuperar a capacidade de produção dos cafezais para os próximos anos.

Em 2015 e 2016, em decorrência da seca que assolou as principais regiões produtoras do estado, as lavouras sentiram em diferentes graus as condições climáticas adversas, muitas, inclusive, sem condições de recuperação, havendo necessidade de replantio. Após o retorno das chuvas no final de 2016, os técnicos vêm avaliando as condições das lavouras e melhorando mês a mês as estimativas de produção para 2017.

 

Veja tambÉm: