Mercado

Cotações do arábica e do robusta seguem em queda

Nesse cenário, produtores e compradores estiveram fora do mercado.

 

postado em 30/11/2016 | Há 1 semana

A valorização do dólar frente ao Real e as estimativas de que o Brasil deve colher mais nessa temporada pressionaram os valores internos do arábica nos últimos dias.

Nesse cenário, produtores e compradores estiveram fora do mercado. Além disso, segundo pesquisadores do Cepea, o feriado nos Estados Unidos (Ação de Graças) na quinta-feira, 24, e a 12 ª Festa do Café em Varginha, na sexta-feira, 25, deixaram o mercado ainda mais calmo no final da semana.

Assim, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a terça-feira, 29, a R$ 539,71/saca de 60 kg, recuo de 3,62% em relação à terça anterior.

Quanto ao robusta, os preços seguem em queda no Brasil. Entre 22 e 29 de novembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima caiu quase 40 reais/saca de 60 kg, fechando a R$ 473,03/saca de 60 kg nessa terça-feira, 29. O recuo segue atrelado à retração de compradores no mercado interno. Além disso, notícias de importação também ajudaram a pressionar as cotações.

Fonte: Cepea

 

Veja tambÉm: