Curiosidades

Glossário de termos da Indústria do Café

 

postado em 13/01/2012 | Há 5 anos

Glossário de termos da Indústria do Café

Adstringene - que adstringe, que aperta

Ágio - Diferença entre o valor nominal, o valor real do café

Amarração - Maneira de traçar as sacas para maior firmeza do bloco ou pinha

Arbitragem - Operação técnica para verificar divergências ou dúvidas sobre a classificação

Armazenista - Orientador dos trabalhos realizados no armazém.

Axila foliar - ângulo formado por uma folha com o ramo.

Balanceiro - Homem responsável pela pesagem das sacas e a manutenção da a balança.

Balão - Máquina onde se fazem as misturas ou ligas de café.

Batida - Operação de mistura do café na formação de ligas, feitas por meios manuais e na moega.

Batuta - Operação arrumação do café para despejo no receptor da moega, a enlotando-o a singelo em tomo do mesmo.

Bica - São chamadas bicas as saidas do café separado em peneiras nas máquinas de beneficio ou rebeneficio

Bica corrida - Café beneficiado sem separação de peneiras.

Bilocular - que tem duas cavidades.

Bloco - conjunto de pilhas

Bóia - frutos de café que secaram e que com a perda do peso especifico, flutuam nos lavadores.

Bráctea - cada uma das folhas modificadas que cobrem a flor antes de aberta.

Bractéolo - pequena bráctea.

Brunimento - polimento que se dá no café beneficiado.

Caçamba - Lata com tinta e pincel para fazer a marcação nas sacas de café canecas presas a correias nos elevadores e que conduzem o café da moega para o balão de despejo

Caiador - o mesmo que furador.

Cálice - invólucro exterior das flores, formado pelas sépalas.

Calículo - cálice suplementar de certas flores

Cambação - o mesmo que viração

Candango ou a escada de torre - armação de madeira, formando uma plataforma para os ensacadores atngirem uma altura razoável do bloco.

Caruncho - nome vulgar de coléopteros de cabeça desprovida de bico que atacam grãos e produtos de origem vegetal, como é o caruncho das tulhas.

Cartão de bloco - cartão fixado na saca de café para identificação (face do lote pilhas, etc)

Catação eletrônica - Eliminação dos defeitos, pela cor, feita nas máquinas eletrônicas através de células fotoelétricas.

Catação manual - eliminação manual dos principais defeitos.

Cereja - fruto maduro do cafeeiro.

Chapéu - o mesmo que coroa

Charge - Despesas com sacaria, movimentação do café, embarque, impostos, taxas etc.

CIF - abreviatura das palavras inglesas “Cost insurance freight” custo,seguro e frete, respectivamente. Significa que o vendedor entrega a mercadoria a bordo do navio no Porto de embarque, paga o frete ou despesas de transporte até o Porto de destino e o seguro marítimo sobre a mercadoria.

Coco - fruto do cafeeiro que secou pela ação do tempo ou do secador, tomando uma cor marrom escura
Conhecimento - Declaração escrita ou recibo pelo qual consta que alguém tem em seu poder algumas mercadorias.

Contrato no disponível - Contrato de compra e venda para entrega imediata.

Cor discrepante - Cafés ligados ou misturados que apresentam cores a divergentes

Coroa - Sacas de café que ficam na parte de cima do bloco. Estas sacas formam a última fiada do bloco, pilha ou lote.

Corola - invólucro imediato dos estames e pistilo da flor.

Correr de pilhas - queda parcial das sacas de café da pilha

Corredor de café - agente comercial, intermediário na compra e venda do café.

Coxia - passagem estreita entre as quadras de café no armazém, localizada em geral, em baixo da calda das águas que separam os pavilhões.

Cúpricos - fungicidas a base de cobre

Data - Condutores para os cafés ensacados

Derriça - Operação de retirada das sacas emb ou empilhadas.

Desmontar - Operação de retirada dos frutos, do ramo do cafeeiro, todos de uma vez

Desmoronamento - o mesmo que correr de pilhas”.

Despejo - ato de retirar o café da sacaria.

Drupa - fruto simples com mesocarpo carnoso e endocarpo duro, resistente.

Ecológicos - do meio ambiente.

Embiocamento - ação de compor as sacas de café, formando o bloco.

Embrião - Germe da planta contida na semente.

Empilhar - Operação de arrumar as sacas de café em fiadas com amarração.

Endocarpo - membrana interior do fruto, em contato com a semente.

Endosperma - Grão de café, substância que forma ao lado do embrião, um corpo acessório sem continuidade de vasos ou tecidos podendo por isso separar-se facilmente.

Ensaque - preparo de ligas de café para a exportação ou para o consumo interno

Enlotar - O mesmo que estivar.

Erosão - fenômeno provocado pela ação da água, do vento ou outros agentes, principalmente, nos terrenos inclinados e desprotegidos, causando o arrastamento das partículas do solo.

Escolha de catação - é proveniente da separação cromática (eletrônica), pela cor e defeitos, ou da catação manual constituindo-se cafés verdes, ardidos e pretos na sua maiona.

Escolha de ventilação - é a proveniente da manipulação dos cafés benefeciados e rebeneficiados, constituindo-se na sua maioria de cafés leves, impurezas etc.

Esporos - órgãos reprodutores das plantas criptogâmicas.

Estirar - o mesmo que estivar.

Estivar - forma de enlotar a singelo o café, em geral em pilhas de 6 a 10 sacas, sem a necessidade de amarração das sacas.

Estoque lote (“Stochiot”) - amostras de café padrão, representativas de cafés estocados e enviados ao importador

Estouro de bloco - queda de parte do bloco provocado pelo rompimento de uma ou mais sacas.

Exocarpo - casca ou epicarpo do fruto do café.

Expurgo - Cafés de baixa qualidade (tipo) constituído de café, resíduos de café de catação, escolha, impurezas.

Fiel de armazém - pessoa responsável pelo armazém
Fisiológica - relativa às funções orgânicas

FOB - abreviatura das palavras inglesas “free on board” posto a bordo, e significa que no custo da mercadoria não está incluído o frete, que ocorre por conta do comprador.

Folhas cotiledonares - folhas carnosas do embrião dos vegetais.

Formação - Disposição do café, de diferentes tipos e qualidades, de tal maneira que se possa fazer uma primeira tentativa de ligar o café.

Frete - Importância devida pelo transporte de mercadoria. Pode ser pago no ato do despacho - frete pago - ou na hora do desembarque no fim da viagem - frete a pagar.

Fumigante - inseticida orgânicos que, na forma de gases. matam os insetos.

Furação a descrição - Operação realizada em todas as sacas com a finalidade de obter o real representativo do lote.

Furador
- instrumento especial para a retirada de amostras. Pessoa habilitada a retirar amostras de café com o furador fazendo uma primeira seleção por qualidades existentes no café.

Gamela - peça de madeira com a parte interna côncava, que serve para a mistura do café, assim como para a colocação do mesmo no saco.

Gamopétalas - Flores que têm as pétalas soldadas entre si.

Genética - Relativo á geração, criação ou formação.
Ciência que estuda o fenômeno da hereditariedade nos seres vivos.

Germinação de Café - Processo mediante o qual o germe ou embrião contido na semente se converte em uma planta com vida independente.

Glomérula - agregação irregular de flores ou frutos.

Herbicidas - Substâncias químicas que mata insetos.

Instrução de Embarque - Formulário fornecido pelo exportador, contendo número de pilhas, marca e contra marca, destina e navio a ser embarcada a mercadoria.

Instruções de Ensaque
- Formulário fornecido pelo exportador, contendo discriminação dos lotes a serem ligados, inclusive com o complemento de peso.

Lastros - Disposição dada as sacas na primeira fiada para a formação (marcas e contra marcas)

Marcador - Pessoas responsável pela marcação (marcas e contra marcas) das sacarias.

Marcante - marcação na própria sacaria, com tinta das características do lote. Ê feita em substituição ao cartão de bloco” principalmente nos armazens onde a movimentação do café é constantes.

Moega - receptores de café, tendo a sua parte inferior em plano inclinado para facilitar o escoamento.

Nematôide - verme de forma alongada, cilíndrica, com orifício bucal e que parasitarn as raízes causando prejuízos.

Nuance - pequenas variações com relação a um determinado padrão conhecido de bebida de café.

OrganoLéptica - se diz das propriedades graças as quais os cornos agem sobre os órgãos dos sentidos.

Rãs - ferramentas próprias para efetuar a mistura do café manualmente.

Passa - fruto do cafeeiro que já ultrapassou o estágio de maduro.

Peciolo - Parte da folha que prende o limbo ao tronco.

Pé de pilha - sacas próximas ao chão.

Pedúnculo - haste ou suporte de flor ou de fruto.

Peneirão
- máquinas separadoras de peneiras (removíveis) muito utilizadas nos Portos, e de grande rendimentos

Picotagem - ato de tirar amostras de café nas sacas de café dispostas na face externa do lote ou da pilha. Não há responsabilidade do furador na obtenção de amostra real do café depositado. Pilhas - ligas de cafés ou ainda café ligado, ensacado, arrumado e amarrado.

Pocar - estouro da saca de café quando sofre uma queda Polvilhamento - Operação na qual os inseticidas são aplicados a seco, tendo como veículos pós inertes (talco,caulim, etc).

Praça - áreas, dentro dos armazéns, destinadas a formação de ligas ou ensaque á gamela e próxima as máquinas.

Pulve - Operação na qual os defensivos são aplicados, tendo a água, como um dos veículos utilizados.

Quadras - espaços destinados ao café emblocado, separadas pelas ruas e corredores do armazém.

Quota de contribuição - importância retida pelo governo para os cafés exportados.

Raiz pivotante
- raiz com forma de cone, reta e vertical.

Rastelado - revolvido pelo rastelo.

Rastelo - rodo com dentes de pau para revolver o café esparramado no terreiro na fase de secagem.

Reensaque - despejo do café novamente na sacaria.

Rejeito - Cafés bons misturados a grãos defeituosos (preto, verde e ardido). Provenientes de uma primeira separação nas eletrônicas.

Repasse - todo café remaquinado ou reensacado.

Romaneio - certificado de pesagem emitido a cada pesagem de 4 sacas.

Rotação aos estoques - Operação periódica, realizada para verificação do estado das sacas nas pilhas e blocos.

Rota - denominação que se dá à sacaria imprestável.

Sacaria - sacas qualificadas de acordo com o seu estado de conservação em, novas de exportação, primeira, segunda. terceira e quinta viagem.

Safar - operação de mudança das sacas de café de um lugar para o outro, no armazém.

Saqueiro - Pessoa responsável pela separação da sacana em sua diferentes qualificações.

Sépala - cada um dos folículos, mais ou menos esverdeados, do câlice das flores.

Sururuca
- peneira acoplada à máquina de beneficio, que trabalha no sentido rotativo e alternativo, separando os grãos descascados dos não descascados.

Supervise - empresa especializada, reconhecida intemacionalmente que controla e supervisiona o peso e a qualidade do café sob sua responsabilidade, emitindo certificado.

Valor nominal - valor base da café para a comercIalização, e que muitas vezes é diferente do valor real.

Varredura - Cafés provenientes dos derrames de sacas estouradas, de picote, de furação, etc...

Varrição - Compreende o levantamento do café seco caldo naturalmente, no período que vai da arruação à derriça propriamente dita.

Viração - troca de sacaria e acerto de peso coma colocação do café em nova sacana.

“Warrant” - certificado emitido por armazéns gerais para financiamento do produto com todas as suas característica. Este documento é emitido junto com o conhecimento de depósito. A mercadoria sob “Warrant’ Só será entregue com a devolução dos documentos acima mencionados. Warrant é palavra inglesa, significa garantia e está hoje definitivamente incorporada á nossa linguagem comercial.

 

Veja tambÉm: