Mercado

Fundo Estadual do Café em debate nesta quarta (23) na ALMG

 

postado em 23/11/2011 | Há 5 anos

Na quarta-feira (23/11/11), a Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais promove audiência pública sobre a criação e gestão do Fundo Estadual do Café como política de fortalecimento da cafeicultura no Estado. A reunião é a última das cinco sugeridas como resultado do Fórum Democrático para o Desenvolvimento de Minas Gerais. Promovido em fevereiro pela ALMG, o evento buscou contribuições da sociedade na definição dos temas que devem compor as atividades legislativas nos próximos anos. A audiência foi solicitada pelos deputados Antônio Carlos Arantes (PSC), Fabiano Tolentino (PRTB), Doutor Viana (DEM), Romel Anízio (PP) e Rômulo Viegas (PSDB).
 
Minas Gerais é responsável por metade da produção nacional de café, com uma área plantada de cerca de um milhão de hectares. No ano passado, as exportações mineiras de café bateram recorde, movimentando US$ 4,1 bilhões. Em setembro, o deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSC), presidente da comissão parlamentar, participou do VI Seminário Internacional do Café, no Rio de Janeiro.
 
Em texto publicado em seu site oficial, Arantes salientou a importância da presença do governador Antonio Anastasia no evento. “É a prova de que ele tem participado mais da vida do café, dando importância para os produtores”, afirmou. "Hoje somos o maior produtor do mundo de café e podemos dizer que também já somos os maiores consumidores, portanto não podemos nos acomodar. É preciso trabalhar pelo café de Minas", defende. Durante o seminário, Anastasia afirmou que o café é uma prioridade do seu governo. "Precisamos buscar agregar valor ao produto. Não nos faltam expertise, nem tecnologia. Temos que ser ousados", disse.
 
Convidados – Foram convidados a participar da audiência o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Elmiro Alves do Nascimento; o secretário de Estado de Fazenda, Leonardo Maurício Colombini Lima; o coordenador-geral do Conselho Nacional do Café, Maurício Miarelli; o presidente da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões; o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), Vilson Luiz da Silva; o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais, Ronaldo Ernesto Scucato; e o gerente executivo do Pólo de Excelência do Café, Edinaldo José Abrahão.

 

Veja tambÉm: