Tecnologias

#UFLA é a melhor universidade federal do Brasil

 

postado em 21/11/2011 | Há 5 anos

 

.

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi considerada a melhor universidade federal do país pelo Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do Ministério da Educação (MEC). A UFLA recebeu a maior pontuação entre as universidades de Minas Gerais e a segunda colocação entre 218 universidades do Brasil, ficando atrás apenas da Unicamp.

A avaliação é baseada na análise das condições de ensino, em especial aquelas relativas ao corpo docente, às instalações físicas, ao projeto pedagógico e ao resultado dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Ao todo foram avaliadas 2176 instituições de ensino, públicas e privadas.

Referência em Ciências Agrárias, o setor de cafeicultura da UFLA tem excelência consolidada no que tange o ensino, a pesquisa e a extensão, sendo sede do Polo de Excelência do Café, ligado à Secretaria de Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (Sectes) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café (INCT/Café), programa institucional do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com o Reitor da UFLA, professor Antônio Nazareno Guimarães Mendes, vários fatores contribuíram para esta conquista, cada um deles com uma parcela do mérito alcançado. “Eu destaco a seriedade do trabalho, a competência e a dedicação de nossos professores e técnicos administrativos, envolvidos no ensino de graduação e de pós-graduação. Destaco ainda o excelente nível dos estudantes de graduação e de pós-graduação, pois eles são também avaliados pelo Inep, juntamente com a instituição. São estudantes universitários muito bem selecionados e que se dedicam com muita garra e determinação durante a formação profissional, empreendedora e cidadã que é proporcionada pela UFLA”.

Para o gerente executivo do Polo de Excelência do Café, a competência da UFLA não se restringe ao ensino, mas destaca-se pelo forte envolvimento de professores e estudantes na pesquisa e extensão, formando o tripé fundamental para a formação de um ambiente de inovação para o setor cafeeiro. “As empresas ficam de olho nos profissionais formados pela UFLA, sobretudo aqueles que participam e se mobilizam para o fortalecimento do Núcleo de Estudos em Cafeicultura (Necaf)”, reforça.    

O IGC

O IGC é um indicador expresso em conceitos, com pontuação variável de um a cinco pontos. O índice é elaborado com base em uma média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação. Assim, sintetiza a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da  instituição de ensino. O IGC é divulgado anualmente pelo Inep/MEC, imediatamente após a divulgação dos resultados do Enade.

Entre as universidades, pela ordem, estão: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), seguida das universidades federais de Lavras (UFLA), Rio Grande do Sul (UFRGS), São Paulo (Unifesp), Minas Gerais (UFMG), Viçosa (UFV), Rio de Janeiro (UFRJ), Triângulo Mineiro (UFTM) e Itajubá (Unifei). Todas elas tiveram a faixa 5, considerada a nota máxima pela avaliação do MEC.

Assista ao vídeo reportagem da EPTV sobre o destaque da UFLA no IGC 2010:

.
   

.

Polo de Excelência do Café

http://excelenciacafe.simi.org.br/

 

Veja tambÉm: