Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - As operações no mercado cafeeiro tiveram um dia de grande volatilidade,

 

postado em 30/06/2011 | Há 6 anos

Infocafé 29/06/11.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 495,00 R$ 470,00  
Contrato N.Y.
Fechamento  
Variação
Mogiano R$ 495,00 R$ 470,00 Julho/2011 260,25 +2,35
Alta Paulista/Paranaense R$ 485,00 R$ 460,00    Setembro/2011 260,70 +1,80
Cerrado R$ 505,00 R$ 490,00 Dezembro/2011 264,05 +1,65
Bahiano R$ 485,00 R$ 460,00     
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento  
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 305,00 R$ 285,00 Julho/2011 335,70 +2,35
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 315,00 R$ 305,00   Setembro/2011 335,15 +1,60
Dólar Comercial: R$ 1,5690 Dezembro/2011 334,25 +1,45
 
As operações no mercado cafeeiro tiveram um dia de grande volatilidade, especulações sobre os possíveis danos as lavouras decorrentes do frio intenso registrados nos últimos dias impulsionaram as cotações, aliada a queda do dólar que influenciou de forma positiva a maioria das commodities hoje. Em N.Y. a posição setembro variou entre a mínima -6,90 pontos e máxima de +4,00 fechando com +1,80 pts.
 
O dólar encerrou o dia com queda de 0,57% cotado à R$ 1,5690 influenciado pela  aprovação do Parlamento da Grécia sobre o plano de austeridade fiscal de cinco anos do governo do país em meio à forte posição vendida em dólar de investidores estrangeiros e de bancos neste fim de mês. O BC voltou a fazer dois leilões de compra à vista, no primeiro leilão, no fim da manhã, a taxa de corte ficou em R$ 1,5694 e o segundo, à tarde, de R$ 1,5713. Na Europa, o Parlamento grego afastou o risco imediato de caos nos mercados financeiros ao aprovar, por 155 votos a 138, o plano de austeridade fiscal do governo, o que abre as portas ao país para o recebimento da quinta parcela, de 12 bilhões de euros, da ajuda financeira acordada no ano passado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e União Europeia (UE) e ainda paracredenciar-se a um novo pacote de cerca de 100 bilhões de euros. Amanhã, o Parlamento da Grécia precisa ainda votar a legislação para implementar as medidas, o que inclui privatizações.
 
Na próxima terça-feira (5), às 10 horas, o Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, será a casa do café para o lançamento do Fórum da Cadeia Produtiva do Café e da 8ª edição do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. A cerimônia contará com a presença do governador Antônio Anastasia, do secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, do secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nárcio Rodrigues, do presidente da Emater-MG, Maurílio Guimarães, além de representantes das principais instituições que compõem o Fórum do Café e lideranças do setor. O Polo de Excelência do Café também estará representado na cerimônia. O Fórum do Café est&aacut e; sendo instituído sob o comando direto do governador Antônio Anastasia, como canal para serem discutidas e avaliadas as diversas reivindicações que chegam do setor produtivo do café, considerando que Minas Gerais cultiva um milhão de hectares distribuídos em 511 municípios. O Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais foi criado pelo Governo Estadual em 2003, como parte do Projeto Estruturador Certifica Minas Café, coordenado pela Emater-MG. As inscrições podem ser realizadas em todos os escritórios da Emater-MG, até 6 de setembro. Com caráter educativo, o concurso mineiro inclui a entrega de laudo técnico a cada produtor finalista, com a classificação física e sensorial da amostra.
 
A edição deste ano da Speciality Coffee Association of Europe (SCAE), maior feira de cafés da Europa, chegou ao fim em Maastricht, Holanda na última sexta-feira (24). Para os brasileiros, o evento teve um gostinho especial: a provadora de cafés brasileira Carolina Franco de Souza, ficou em 4º lugar no World Cup Tasters Championship, que teve como campeão o grego Kyriakos Ouzounidis. Bicampeã brasileira na categoria, Carolina havia conquistado a 11ª posição no mundial do ano passado. No World Latte Art Championship (mundial de Latte Art) a Grécia também levou a melhor com Chris Loukakis. O mixologista tricampeão brasileiro Marco de La Roche repetiu o desempenho do ano passado e ficou novamente na 7ª posição do Coffee In Good Spirits (campeonato mundial de bebidas alcoólicas com caf&e acute;). O vencedor da edição deste ano da competição foi o russo Philip Leytes. O primeiro campeão do World Brewers Cup (campeonato mundial de preparo de café por infusão) foi o barista Keith O`Sullivan, da Irlanda. Essa foi a primeira vez que o campeonato foi realizado. Em segundo James Hoffmann (UK) e em terceiro Luca Costanzo (Austrália). Já no World Cezve/Ibrik Championship, campeonato mundial de preparo de café no método turco, o campeão veio da Ásia: Bae Jin-Seol da Coréia. World Cup Tasters Championship 2011: 1. Kyriakos Ouzounidis (Grécia); 2. David Walsh (Irlanda); 3. Terukiyo Tahara (Japão); 4. Carolina Franco de Souza (Brasil). World Cezve/Ibrik Championship 2011: 1. Bae JIn-Seol, (Coréia do Sul); 2. Zoltan Kis (Hungria); 3. Kostas Arapoglou (Grécia); 4. Turgay Yildizli (Turquia); 5. Andy Freeman (Austrália); 6. Kiona Malinka (Holan da); 7. Havva Kabba (Inglaterra). World Brewers Cup Championship 2011: Keith O`Sullivan (Irlanda); James Hoffmann (Reino Unido); Luca Costanzo (Austrália). World Latte Art Championship 2011: Chris Loukakis (Grécia). World Coffee in Good Spirits Championship 2011: Philip Leytes (Rússia).

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini 
 

Veja tambÉm: