Mais Café

Mudança no Código Florestal é abordada por Arantes em Ibiraci durante Circuito de Cafeicultura

 

postado em 24/05/2011 | Há 6 anos

Deputado se pronunciou para mais de 200 produtores rurais no Circuito de Cafeicultura

O presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSC) palestrou para mais de 200 produtores rurais em mais um evento do Circuito de Cafeicultura, desta vez, na cidade de Ibiraci, na comunidade rural do Aterradinho. O evento é organizado pelo Governo de Minas, Empresa de Pesquisa de Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) e Universidade Federal de Lavras (UFLA). Antônio Carlos reiterou novamente sua preocupação sobre a atual legislação florestal do País. “Da maneira como está, o produtor que trabalha de sol a sol com muito sacrifício para sustentar sua família é considerado absurdamente um criminoso”. Arantes ilustrou: “Se alguém faz alguma intervenção no solo da sua propriedade, este já necessita obrigatoriamente de um licenciamento ambiental”.

O deputado lembrou que aproximadamente 80% das Áreas de Proteção Permanente (APP), onde estão localizadas as plantações de arroz, de café e de frutas deixariam de existir com esta lei impraticável. O deputado foi o propositor de um debate público que discutiu este assunto pela primeira vez há quatro anos na Assembleia de Minas e que o tema foi novamente discutido na Casa Legislativa em abril deste ano. “Já estive, inclusive, com o deputado federal Aldo Rebelo (PC do B-SP), relator do código e temos trazido as contribuições de Minas Gerais para mudar o que está aí”, informou também.

Ao comentar sobre Aldo, o parlamentar elogiou a postura do relator do novo Código Florestal Brasileiro. “Ele tem sido um grande nacionalista, democrático, procurou ouvir sitiantes, fazendeiros, produtores, representantes de ONGs e políticos e o novo código, se votado da maneira que está relatado por ele, melhorará a vida do produtor”, disse. Antônio Carlos acrescentou que tem esperanças da votação do novo código acontecer esta semana.

Arantes falou da sua participação da Feira de Cafés Especiais em Houston, onde percebeu que o País está sendo reconhecido internacionalmente como uma referência atual de grãos especiais e falou também sobre a intenção do Governo Anastasia em promover um fundo de proteção ao café e ao leite. O parlamentar também elogiou a permanente dedicação do deputado federal Carlos Melles, agora secretário de Governo, em torno das questões que envolvem o cafeicultor.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Ibiraci, Gaspar dos Reis Tavares elogiou o circuito e a iniciativa da Emater, junto às prefeituras e Sindicatos. Gaspar destacou o envolvimento de Arantes no evento: “Foi muito gratificante a presença do deputado, ele foi muito solícito e ainda mostrou sua simplicidade com os nossos produtores”.

Prestigiaram também o circuito o prefeito de Ibiraci Ismael Cândido (PT), o presidente da Câmara Nilo de Oliveira Costa (PT), o gerente regional da EMATER Edson Gazeta, o presidente da Cooperativa Agropecuária de Cássia (Coopassa) Kélcio Antônio Salgado, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Cássia Domingos Inácio Salgado, o vereadores do município Francisco Norinho Filho (PR) e Donizete Martins (PR) além de outras lideranças.

 

Veja tambÉm: