Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - N.Y. devido ao feriado nos Estados Unidos em homenagem ao Dia do Presidente,

 

postado em 21/02/2011 | Há 6 anos

Infocafé de 21/02/11.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 530,00 R$ 505,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 530,00 R$ 505,00 Maio/2011 273,00 Feriado
Alta Paulista/Paranaense R$ 520,00 R$ 495,00 Julho/2011 274,75 Feriado
Cerrado R$ 535,00 R$ 515,00 Setembro/2011 274,80 Feriado
Bahiano R$ 520,00 R$ 495,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 310,00 R$ 280,00 Maio/2011 351,00 +2,25
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 335,00 R$ 315,00 Setembro/2011 343,75 +2,15
Dólar Comercial: R$ 1,6670 Dezembro/2011 341,50 +2,50

Sem o referencial de N.Y. devido ao feriado nos Estados Unidos em homenagem ao Dia do Presidente, as operações seguiram lentas neste início de semana.  Na BM&F a posição maio finalizou o dia cotado US$ 351,00 alta de 2,25 pontos.
 
O dólar fechou com alta de 0,18% hoje cotado a R$ 1,6670. Devido ao feriado  do Dia do Presidente nos Estados Unidos, o volume de negócios foi reduzido no mercado de câmbio doméstico e as atenções estiveram voltadas para os conflitos no Oriente Médio e Norte da África. Os protestos contra Muamar Kadafi, há mais de 40 anos no poder na Líbia, prejudicaram a produção e o fornecimento de petróleo na região. Os preços da commodity dispararam e atingiram US$ 108 o barril o petróleo Brent nas negociações na ICE. Internamente, a moeda norte-americana ampliou os ganhos na sessão vespertina em meio à expectativa de eventual leilão de compra à vista pelo Banco Central, o que não se confirmou. O BC não fez leilão no mercado à vista, mas realizou pela manhã dois leilões de compra de dólar a termo. Depois da operação de compra de dólar para liquidação em 9 de março, cuja taxa de corte foi de R$ 1,6701, o BC chamou outro leilão a termo, desta vez para 16 de março, no qual fixou a taxa de corte em R$ 1,6736.
 
O governo vai realizar amanhã (22), a partir das 09 horas, leilão de café de estoques oficiais. Serão ofertados 3.171.979 quilos (52.866 sacas de 60 quilos) de produto da safra 2002/03, depositado no Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná e São Paulo, divididos em 100 lotes. O leilão será realizado na modalidade viva-voz, por meio do Sistema Eletrônico de Comercialização da Conab (Companhia Nacional do Abastecimento) - Brasília/DF. Os preços de abertura para todos os lotes será de R$ 460,20 a saca.
 
O governo da Colômbia afirmou na última sexta-feira que alcançou um acordo com caminhoneiros para encerrar uma greve de 16 dias que afetou as exportações de café e levantou preocupações de uma alta da inflação, já que alimentos e outros produtos não foram entregues. O governo explicou que, como parte do acordo, os caminhoneiros concordaram em remover imediatamente os bloqueios na segunda-feira em avenidas de Bogotá e estradas que levam aos portos. O ministério do Transporte afirmou em um comunicado que o acordo foi alcançado após quatro horas de negociações com a Associação dos Caminhoneiros Colombianos (ACC). \"Os líderes do ACC ordenaram que os caminhoneiros que estavam bloqueando ruas e estradas em Bogotá e em outras do partes do país liberassem as vias para permitir a passagem normal dos veículos\", disse o ministério. Representantes da ACC não estavam imediatamente disponíveis para comentar. A greve começou em 3 de fevereiro devido a uma decisão governamental em janeiro de eliminar a política em que o governo determina taxas mínimas de frete para a indústria. Parte do acordo envolve a suspensão temporária dessa ordem, segundo o ministério, ainda que ela vá entrar em vigor de qualquer maneira mais tarde neste ano. Entretanto, o ministério afirmou que vai trabalhar com os caminhoneiros nos próximos meses para garantir que o decreto seja feito de uma maneira que não os prejudique. Os caminhoneiros argumentaram que a eliminação da taxa mínima de frente iria arruinar as pequenas empresas e motoristas independentes. As informações são da Dow Jones.

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: