Mais Café

Fundação Café do Cerrado 2011 – Novos rumos a caminho do desenvolvimento.

 

postado em 26/01/2011 | Há 7 anos

Juliano Tarabal - FUNDACCER
 
Depois de dois anos e meio sob nova gestão a Fundação de Desenvolvimento do Café do Cerrado – FUNDACCER, denominada agora apenas como Fundação Café do Cerrado se reinventou e vive um novo momento. Buscando criar uma identidade e se consolidar como instituição promotora de desenvolvimento na Região do Cerrado Mineiro a Fundação vem realizando diversas ações de capacitação e pesquisa em cafeicultura, que é uma das principais economias e geradoras de emprego do município de Patrocínio, onde fica sua sede e também das regiões  do Alto Paranaíba, Triangulo Mineiro e Noroeste de Minas,  que constituem área demarcada como Região do Cerrado Mineiro, onde a Fundação também desenvolve seus trabalhos.
 
No ano de 2010 a Fundação ampliou sua estrutura organizacional criando dois departamentos. Departamento de Pesquisa sobre o comando do Eng. Agrônomo Petrônio Naves Junior e o Departamento de Desenvolvimento, sob o comando do Eng. Agrônomo Fernando Machado Almeida, tendo assim uma condição de atender ainda melhor seus clientes e parceiros.
 
Grandes projetos constituem o escopo de atuação da Fundação. Recentemente foi encerrada a 1º Turma de Especialização em Gestão do Agronegócio Café (Latto Sensu) numa parceria com uma das mais renomadas escolas de negócios do país, a Fundação Instituto de Administração – FIA com patrocínio e idealização da Torrefadora italiana Illy Café. Este projeto formou 47 gestores que agora aplicam nas cooperativas, empresas e propriedades cafeeiras da região técnicas e conceitos modernos sobre gestão. Destaca-se ainda no setor de capacitação um projeto realizado em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA que é o Programa de Qualificação para Cafeicultores do Cerrado – PQCC. Um programa voltado para cafeicultura familiar e composto por 10 módulos que é hoje o maior programa de capacitação em cafeicultura familiar do País. O PQCC esta em sua 2º Edição, e esta sendo realizado nas cidades de Patrocínio, Araxá e Carmo do Paranaíba entre os meses de novembro de 2010 e maio de 2011 treinando um total de 80 pessoas.  Entre outros programas destacamos, também o Qualicafé, iniciado no ano de 2010 o programa capacitou profissionais desde a mão de obra básica até a gestão na obtenção de cafés de qualidade e trouxe ainda informações sobre o mercado de cafés especiais, buscando diferenciar a região pela produção de cafés de alta qualidade.
 
Na pesquisa a Fundação Café do Cerrado lançou em 2010 a Rede de Pesquisas do Café do Cerrado, uma rede que visa trazer novas tecnologias para a cafeicultura do Cerrado Mineiro e mais que isso, estender os resultados existentes de forma didática e inteligível a todos os cafeicultores da região. A rede vem sendo formada aos poucos, unindo setor acadêmico, pesquisa, empresas e setor produtivo. Para 2011 a Fundação vai unir a rede em torno da elaboração do 1º Guia de Recomendação para Cafeicultura do Cerrado Mineiro. Este guia ira abordar todos os resultados de pesquisas realizados pela Fundação como também irá conter matérias e reportagens acerca de nossa cafeicultura, novas tecnologias, enfim, recomendações voltadas para a produção de cafés com produtividade, qualidade e respeito ao meio ambiente.
 
E não para por ai! Para 2011 continuando e ampliando seu perfil que contém DNA inovador, a Fundação apresentara em breve seus projetos para 2011, na área de capacitação, pesquisa e serviços. Inúmeros projetos que sem duvida alguma irão somar em muito para o desenvolvimento da Região do Cerrado Mineiro e apoiar a estruturação do Agronegócio café, profissionalizando e tecnificando o setor.
 
Em 2011 seja parceiro da Fundação Café do Cerrado, trabalhamos pensando em soluções que melhorem a sua vida e lhe auxilie na obtenção de seus resultados no negócio café!
 

Veja tambÉm: