Mercado

Colheita de café da Colômbia resultou num recorde de US$ 4,3 bilhões em 2010, aumento de 27%

 

postado em 26/01/2011 | Há 6 anos

A colheita de café da Colômbia resultou num recorde de US$ 4,3 bilhões em 2010, aumento de 27% em relação ao ano anterior, de acordo com a Federação Nacional de Cafeicultores (Fedecafé). Embora as exportações tenham caído um pouco, somando 7,82 milhões de sacas, ante 7,89 milhões de sacas em 2009, o valor das vendas externas subiu 29%, para US$ 2,2 bilhões, por causa dos preços elevados do café no mercado internacional.

A Colômbia é o maior produtor mundial de café arábica suave e lavado. No ano passado, viu a produção se expandir 14%, totalizando 8,9 milhões de sacas. De acordo com relatório da Fedecafé, o aumento da produção se deve à substituição de pés de café antigos por outros mais novos. No ano passado, os produtores renovaram 82,05 mil hectares, usado 26% de variedades resistentes ao fungo \"roya\", que surge na umidade e prejudica a produção. A Colômbia planeja renovar um recorde de 100 mil hectares de café em 2011. No fim de 2010, o cultivo de café na Colômbia ocupou um total de 914 mil hectares. As informações são da Dow Jones.
 

Veja tambÉm: