Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - Mercado cafeeiro finalizou as operações nesta quinta-feira em queda

 

postado em 30/12/2010 | Há 6 anos

Infocafé de 30/12/10.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 425,00 R$ 410,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 425,00 R$ 410,00 Março/2011 236,30 -3,35
Alta Paulista/Paranaense R$ 420,00 R$ 405,00 Maio/2011 237,70 -3,30
Cerrado R$ 430,00 R$ 420,00 Setembro/2011 232,85 -3,30
Bahiano R$ 420,00 R$ 405,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 260,00 R$ 255,00 Março/2011 288,95 -3,50
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 295,00 R$ 285,00 Setembro/2011 282,50 -2,15
Dólar Comercial: R$ 1,6640 Dezembro/2011 281,10 -2,15

O mercado cafeeiro finalizou as operações nesta quinta-feira em queda. Em N.Y. a posição março trabalhou entre a máxima de +2,10 pontos e mínima de -4,45 fechando com -3,35 pontos.
 
No pregão que praticamente encerrou os negócios em 2010, o dólar voltou a cair ante o real, em um dia cheio de oscilações no mercado internacional, com medidas cambiais na Ásia e indicadores dos Estados Unidos. No Brasil, o último dia para formação da Ptax foi um fator adicional de pressão baixista para o dólar, segundo um operador. No fechamento, o dólar caiu 0,89%, a R$ 1,664. Para tentar minimizar o recuo da moeda dos EUA ante o real, o Banco Central voltou a fazer dois leilões de compra de dólares, fato que não ocorria desde o começo deste mês. Pela manhã, a taxa de corte definida pelo BC foi de R$ 1,6701. No leilão vespertino, o corte foi de R$ 1,662.
 
O CCCMG já está preparando o 14º Curso de Classificação e Degustação de Café Verde. As pré-inscrições serão abertas a partir de 03 de janeiro de 2011. Em 2011 será a décima quarta edição do evento. Inicialmente o curso era só classificação e degustação.  Quem tiver interesse em fazer o curso pode ligar para o telefone (35) 3214-2122 a partir do dia 03 de janeiro de 2011 para fazer a pré-inscrição. Segundo o coordenador do curso, está previsto inicialmente a abertura de 48 vagas. O curso será duas vezes por semana das 19h às 22h30. A data inicial de aula é 07 de fevereiro de 2011 e o término acontece em 12 de maio de 2011. O curso custará R$ 1.500,00 para associados e R$ 1.950,00 para não associados, podendo ser parcelado em 3 vezes. Luiz Vale riano Asscom CCCMG – comunicacao@cccmg.com.br - www.cccmg.com.br - Tel.: (35) 3214-2122.
 
A Embrapa Café, coordenadora do Programa de Pesquisa em Café, disponibiliza sua primeira tecnologia para o programa de incubação de empresas de base tecnológica. Trata-se de um sistema para limpeza de águas residuárias, que apresentam elevada carga orgânica, com grande potencial de poluir o meio ambiente. O sistema de limpeza de águas residuárias visa à remoção de resíduos sólidos na água proveniente do processamento de frutos, viabilizando sua reutilização. A tecnologia foi desenvolvida pela Embrapa Café em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - Epamig e o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper, empresas fundadoras e participantes do Cons&oacu te;rcio Pesquisa Café. “Esse sistema é constituído de caixas de decantação interligadas e peneiras estáticas. Após a remoção dos resíduos sólidos, a água é novamente conduzida para a caixa de abastecimento para reutilização no processamento ou direcionada à fertirrigação da cultura. Os resíduos sólidos retirados poderão ser utilizados na produção de adubos orgânicos. A tecnologia além de contribuir com a redução da poluição dos recursos hídricos e, consequentemente, para a preservação do meio ambiente, reduz custos com o gasto de água”, explica o pesquisador da Embrapa Café Sammy Fernandes. Essa tecnologia, além de ser ambientalmente correta, possibilitando uma economia de até 90% no volume de água necessário ao pr ocessamento de frutos, é também simples, de fácil adoção e pode trazer uma diminuição significativa nos custos de produção. Além disso, pode-se citar outros pontos fortes, como baixo custo para instalação e manutenção. No caso do café promove também melhoria na qualidade do produto agregando 20% no valor recebido pelos cafeicultores. Oportunidades de negócio A tecnologia pode ser utilizada por produtores de pequeno, médio e grande porte. O mercado está em expansão, pois não há produtos similares. Contatos para negócios devem ser feitos pelo telefone 61 3448-4566 ou pelo e-mail negocios.cafe@embrapa.br

                  AOS NOSSOS CLIENTES E AMIGOS, FELIZ ANO NOVO E BOAS FESTAS
                                 SÃO OS VOTOS DE TODA EQUIPE DA MELLÃO MARTINI

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini

 

Veja tambÉm: