Mercado

Fechamento de Mercado de Café - Quarta-feira 24 Nov 2010: No físico de café trabalhou o dia sem muitos negócios

 

postado em 24/11/2010 | Há 6 anos

Com informações da Hencorp Commcor

Boletim Diario do Mercado de Café - 24 Novembro 2010.

O Mercado físico de café trabalhou o dia sem muitos negócios mais saindo até R$ 372,00 para cafés mais finos. Para cafés Safra 10/11 de R$ 365,00 a R$ 370,00, com 15% de catação, e para cafés com 20% de catação R$ 360,00 a 365,00.

O fechamento do café arábica BMF para o vencimento Mar/11 foi a US$ 247,50 com 3,10 de baixa, totalizando um volume de 5.069 contratos. Saiu Spread de Dez/Mar de 4,80 a 5,20; Dez/Set de zero a 0,50; Mar/Set a -4,00. Observamos arbitragem Dez/Mar de -23,50 a -24,50; Mar/Mar de -19,60 a 20,70; Set/Set @ -20,50 a -21,00. O mercado de café BMF trabalhou a maior parte do dia em baixa, tendo um movimento compra de fundos chegando a atingir a máxima a 254,25, mas como acabou não dando sequencia, tivemos uma forte realização de comprados fazendo o mercado afechar nas mínimas do dia, aqui na BMF acabou tendo uma queda menor que a do mercado de NY devido a expressiva pressão de venda .

O mercado de café para o vencimento Março encerrou cotado a 207,45, com 310 pontos de queda, e range entre 206,20 e 212,75. Em mais uma sessão de forte volatilidade, a cotação do café nesta quarta-feira, desta vez descolando-se do movimento do euro frente ao dólar, trabalhou em tendência mista.

Logo em sua abertura, notando certa força de compras, o grão tomou fôlego para objetivar sua máxima anterior de 211,60, quando então, na quebra destes níveis, num rápido movimento encontrou a máxima do dia a 212,75, quando vendas em escala foram notadas. Em levemovimento de depreciação, a commodity voltou a trabalhar perto de seu fechamento anterior (210,55), encontrando, numa escorregada do mercado sua média móvel de 14 dias a 208,90, pegando forte ativação de stops até sua mínima do dia a 206,40, perfazendo assim um fundo duplo em relação à sessão de segunda-feira.

Com compras de specs e defesa de compras, o café iniciou um novo movimento de apreciação, porém desta vez com volatilidade moderada, quando trabalhou durante grande parte do período da tarde entre os níveis de 208,00, fechando o dia cotado a 207,45. Na sessão de hoje não desceu nenhum canudo, totalizando no acumulado do período 216 canudos.

As médias móveis de 40, 100 e 200 dias estão compreendidas em197,90 / 185,10 e 164,10 respectivamente.

De acordo com a Cecafé, os embarques de Novembro (entre os dias 01 e 23) somam 1.850.309 sacas, uma variação negativa de 0,4% em relação ao mesmo período do mês anterior. O café Londres Janeiro/11 encerrou cotado a 1834, com 19 pontos de queda, num range de 1825 e 1865.

 

Veja tambÉm: