Comércio

Café: exportação da Indonésia deve recuar 10% na safra 2009/2010

Produção do tipo robusta, que responde por 85% das exportações, caiu devido a fortes chuvas e atrasos na colheita

 

postado em 28/09/2010 | Há 7 anos

Gabriela Mello Agência Estado

As exportações de café da Indonésia neste ano-safra, que termina em 30 de setembro de 2010, devem recuar 10% na comparação com 2008/09, afirmou Rachim Kartabrata, secretário-geral da Associação de Exportadores e das Indústrias de Café da Indonésia. Os embarques devem alcançar cerca de 360 mil toneladas, após a produção do tipo robusta, que responde por quase 85% do volume total exportado, ter caído por conta de fortes chuvas e de atrasos na colheita. A qualidade dos grãos também se deteriorou um pouco, segundo Kartabrata.

Além de safras menores em Lampung, Bengkulu e South Sumatra, os estoques de passagem em 2009/10 também ficaram abaixo do nível do ano passado, limitando ainda mais as exportações.

– A maior parte dos estoques de passagem já foi vendida e embarcada – disse o secretário.

A produção de café da Indonésia em 2009/10 é projetada em torno de 500 mil toneladas, ante estimativa inicial de 550 mil toneladas, e deve ficar quase estável no próximo ano, disse o secretário-geral da associação. Em 2008/09, o país produziu cerca de 550 mil toneladas.

A redução da safra indonésia, junto com a possibilidade de outra rodada de estocagem no Vietnã, maior produtor de café da Ásia e principal exportador da variedade robusta no mundo, provavelmente fornecerá suporte adicional aos preços futuros da commodity. Na Bolsa de Londres (Euronext Liffe), o contrato novembro fechou cotado a US$ 1.727 por tonelada na última sexta, dia 24 – alta de 3,5% em relação à semana anterior.


 
AGÊNCIA ESTADO

 

Veja tambÉm: