Mercado

Café cai em NY com realização de lucros

 

postado em 24/08/2010 | Há 7 anos

ECONOMIA & NEGÓCIOS
24/08/2010 
  
Ana Conceição - O Estado de S.Paulo

As cotações do café arábica fecharam ontem em queda na Bolsa de Nova York após terem atingido os maiores níveis em 13 anos, na sexta-feira. Investidores realizaram lucros e produtores aproveitaram o aumento dos preços para vender o grão no mercado futuro. O contrato dezembro - o mais negociado - cedeu 0,97%, para 183,25 centavos de dólar por libra-peso. Há também uma expectativa de melhora na oferta de café com a chegada da safra brasileira ao mercado e o início da colheita na América Central e na Colômbia. As cotações subiram cerca de 30% desde o início de junho, com a redução na disponibilidade de grãos arábica de boa qualidade. A Colômbia, tradicional produtor desse tipo de produto, teve problemas na safra, mas espera-se que a oferta brasileira, alivie a pressão sobre as cotações.

Ainda em Nova York, os preços do algodão subiram com a notícia de que quase 20% da produção do Paquistão foi perdida nas inundações recentes, que devastaram as lavouras de vários produtos. O país perdeu cerca de 2,5 milhões de fardos da fibra. O contrato dezembro subiu 0,65%, para 84,09 centavos de dólar por libra-peso. As cotações do açúcar também subiram influenciadas pelas perdas nas safras de beterraba da Rússia, por causa da seca, e de cana no Paquistão, também por conta das chuvas torrenciais. O 

 

Veja tambÉm: