Mercado

Ações para o agronegócio café no Plano Agrícola e Pecuário 2010 - 2011

 

postado em 27/06/2010 | Há 7 anos

Financiamento da cafeicultura

São destinados até R$ 2,08 bilhões do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para a safra de café 2010/2011. Para as linhas de financiamento previstas na Resolução CMN nº 3.856, são destinados R$ 313 milhões para custeio, R$ 522 milhões para colheita, R$ 940 milhões para estocagem e R$ 313 milhões para Aquisição de Café (FAC).

Os beneficiários das  linhas de  custeio e de  colheita  são  cafeicultores, em  financiamentos
contratados diretamente ou mediante  repasse por suas cooperativas, sendo que a estoca-
gem admite também cooperativas de produtores rurais, no caso de produção própria. Já as
indústrias torrefadoras de café, beneficiadores e exportadores são beneficiários dos recursos
destinados ao FAC.

Pesquisa e Desenvolvimento do Café

O Programa Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Café (PNP&D/Café), coordenado pela
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é executado no âmbito do Consórcio
Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café (CBP&D/Café), que congrega cerca de 60 ins-
tituições de pesquisa, ensino, extensão e empresas privadas no País. Ele tem o objetivo de de-
senvolver estudos, pesquisas e atividades capazes de dar sustentação tecnológica e econômica ao agronegócio café, no sentido de expandir e consolidar a capacidade de identificar problemas e gerar alternativas tecnológicas.

Os vários projetos de pesquisa realizados anualmente pelos pesquisadores do CBP&D/Café con-
templam toda a cadeia de produção cafeeira, no campo ou na indústria, bem como os efeitos da bebida na saúde humana. Os pequenos agricultores e agroindustriais e aqueles que produzem em base familiar também são contemplados pelas pesquisas. Para 2010, está previsto para o PNP&D/Café, no orçamento aprovado do Funcafé, o montante de R$ 15 milhões, sob a forma de descentralização de crédito, para que a Embrapa possa cumprir a programação em andamento e os projetos novos a serem contratados nesse período.

Publicidade e Promoção dos Cafés do Brasil

Em 2010, por intermédio do Funcafé, deverão ser investidos R$ 10 milhões em publicidade no
País e R$ 5 milhões em promoção dos Cafés do Brasil no País e exterior.

 

 

Veja tambÉm: