Comércio

Cooperativa comemora Dia Nacional do Café e apoia campanha da Abic

 

postado em 25/05/2010 | Há 7 anos

Em todo o país, nesta segunda-feira (24/05) é comemorado o Dia Nacional do Café, a bebida considerada como a mais querida dos brasileiros. Para celebrar a data, a Coamo reuniu cooperados na manhã desta segunda-feira na administração central da cooperativa em Campo Mourão, para saborear os cafés com as marcas Coamo e Sollus, e apoiar a iniciativa nacional da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) mostrando que o café é saúde e distribuindo adesivos com o slogan\" Se beber não dirija, se dirigir beba café\".

Importância - \"Esta iniciativa visa mostrar a importância do café para a saúde e também valorizar este produto que há quase 300 anos faz parte da vida dos brasileiros. O café faz muito bem a saúde, inclusive ao coração e apresentando inúmeros benefícios constados e divulgados pelos técnicos e pesquisadores\", informa o engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini, presidente da Coamo.


Números

Segundo dados da pesquisa \"Tendências do Consumo de Café - 2009\", divulgada pela Abic em março deste ano, 97% dos brasileiros com idade superior a 15 anos consomem ao menos uma xícara de café diariamente. O levantamento também apontou que o café é a segunda bebida mais consumida pelos brasileiros - atrás apenas da água -, superando os refrigerantes, leite e sucos naturais, respectivamente.  Outro item relevante da pesquisa é o crescimento do consumo do café fora de casa. Entre os brasileiros, esse hábito aumentou em 170% nos últimos sete anos. O produto também é muito importante para a economia nacional, já que o Brasil é o maior exportador e o segundo maior consumidor do mundo.

Indústria

Para aumentar a agregação de valor a produção dos seus cooperados, em 2009, a Coamo inaugurou no seu parque industrial, em Campo Mourão ,uma moderna indústria de torrefação e moagem de café com capacidade mensal de produção de 450 toneladas. \"O café com as marcas Coamo e Sollus estão presentes no mercado consumidore a cooperativa está registrando crescimento expressivo na produção e comercialização. Em 2010 continuamos crescendo e estamos preparados para atender a demanda dos consumidores\", prevê Gallassini.

Proteção para o coração

O café é uma preferência nacional e uma boa notícia para quem toma a bebida vem dos Estados Unidos. Uma pesquisa americana afirma que o consumo moderado de café pode proteger o coração, em vez de prejudicá-lo. A conclusão foi apresentada na conferência da Associação Americana do Coração, em São Francisco. O estudo contou com 130.054 participantes entre 18 e 90 anos. Aqueles que bebem quatro ou mais xícaras diariamente apresentaram 18% menos chance de desenvolver distúrbios cardíacos, enquanto os que ingerem de uma a três, 7%.O líder da investigação, Arthur Klatsky, cardiologista da companhia americana de seguros de saúde Kaiser Permanente, acredita que doses moderadas de cafeína colaboram com a saúde ao bloquear a ação da adenosina, que pode causar perturbações no ritmo cardíaco.

Café evita diabetes

Os europeus estão mudando seu costume que está sendo incorporando a cultura brasileira: tomar café logo após as refeições. Pesquisa feita na França mostra que o cafezinho, tomado depois do almoço, pode evitar o diabetes. Mesmo cafezinho com pouco açúcar ajuda a combater o diabetes. O café tem uma substância que ajuda a evitar a doença. A pesquisa teve a participação de uma médica brasileira. O café que as quase 70 mil francesas beberam durante a pesquisa não é exatamente o que os brasileiros mais apreciam: é mais fraco, porque é diluído. Mas onze anos de estudos com as mulheres, entre 41 e 72 anos de idade, revelaram que aquelas que tomaram café - uma xícara pequena por dia - tiveram um risco 34% menor de desenvolver diabetes tipo 2.

Vantagens

Sobre as vantagens do café na prevenção de diabetes, o que a pesquisa francesa traz de novo é mostrar quando o café faz bem depois do almoço. A pesquisadora da USP de Ribeirão Preto, Daniela Sartorelli, que participou do estudo, percebeu que as mulheres que tomavam café em outros horários não apresentaram o mesmo resultado. Os pesquisadores acreditam que substâncias só encontradas no café filtrado provocam uma reação. \"Esse café pode estar atuando reduzindo a absorção de ferro da refeição. Como o excesso do estoque de ferro no organismo vem sendo associado ao diabetes, essa pode ser uma possível explicação\", aponta Daniela Sartorelli. Para quem não vive sem café, uma pesquisa como essa é sempre um convite a mais uma xícara.

 

Veja tambÉm: