Produção

Projeções preliminares apontam menor receita de café para Nicarágua

 

postado em 20/10/2009 | Há 7 anos

20/10/2009 - A Nicarágua registrou uma diminuição de 14,02% no valor de suas exportações de café referentes à safra 2008/2009 em relação à temporada anterior. As vendas de café ao exterior, de outubro de 2008 a setembro de 2009, que corresponde à safra recém-finalizada, somaram 242,4 milhões de dólares, ao passo que de outubro de 2008 a setembro de 2008 atingiram 281,9 milhões de dólares, de acordo com dados preliminares fornecidos pelo Cetrex (Centro de Trâmites das Exportações da Nicarágua), uma entidade ligada ao governo federal do país centro-americano.

O Cetrex assinalou que a diminuição nos preços internacionais de café e uma menor produtividade das terras cafeeiras do país foram as causas das quedas registradas no rendimento das exportações. O Centro apontou que na safra 2008/2009 o preço do quintal (saca de 46 quilos) de café alcançou um preço médio de 134,48 dólares, ao passo que em 2007/2008 ele foi cotado a uma média de 136,34 dólares.

O organismo governamental também indicou que durante a safra 2008/2009 foram exportados 1.802.715 quintais (1.382.081 sacas), volume inferior aos 2.068.344 quintais (1.585.730 sacas) da safra anterior. O café é o principal produto de exportação da Nicarágua. Segundo produtores locais, as safras cafeeiras, que vão de outubro a setembro, alternam boas produções com volumes menores e, assim, em 2009/2010, cujo início ocorreu no começo do mês, deverá ter um volume obtido menor que o registrado em 2008/2009.

As informações partem da Agência de Notícias do Café.


Café e Mercado

 

Veja tambÉm: