Mais Café

A Crise na Cafeicultura não é localizada: Cafeicultor do Cerrado Mineiro faz apelo para que Lula resolva a crise

 

postado em 25/06/2009 | Há 8 anos

Antônio Sérgio / News Cafeicultura

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE LULA

 

“O Presidente Lula está sabendo o que está acontecendo, ele resolve, não fica com embromação, como tem feito a equipe econômica em relação aos cafeicultores brasileiros” indaga o cafeicultor do Cerrado Mineiro Valter Moreira.



Em sua carta aberta ao presidente Lula, o cafeicultor do Cerrado diz que os cafeicultores do cerrado estão endividados como os cafeicultores de todas as regiões do Brasil, a crise não é um privilégio dos cafeicultores do Sul de Minas.

A carta foi encaminhada ao Programa Notícias Agrícolas apresentado pelo Jornalista João Batista, nela o cafeicultor do Cerrado Mineiro, Valter Moreira Peixoto da cidade de Araguari MG, afirma que estão alardeando aos quatro ventos, que a crise na cafeicultura é localizada apenas no Sul de Minas, e “que Nós cafeicultores do Café do Cerrado não estamos em crise, para estes eu digo que nós estamos tão endividados como o restante dos cafeicultores do Brasil.”

O cafeicultor Valter Moreira Peixoto, de Araguari MG, faz um desabafo e cobra do governo uma posição firme, para dar uma solução para a atual situação de penúria vivida pelos cafeicultores brasileiros.

Valter Moreira afirma em sua carta que estão dizendo aos quatro ventos, que os cafeicultores do Cerrado Mineiro não participaram do MOVIMENTO S.O.S. CAFEICULTURA porque os cafeicultores do Cerrado, não estão em crise, para este o cafeicultor do deixa claro “...nós, produtores de café do Cerrado, estamos tão endividados como o restante dos cafeicultores do Brasil” .

O produtor critica a suspensão dos leilões de opções no último dia (16/06), e afirma que os cafeicultores estão vendendo o café imediatamente após a colheita, para cobrirem seus gastos, e indaga como os produtores podem ter café para entregar em 2010.


Vejam abaixo a carta aberta direcionada ao Presidente Lula enviada ao apresentador João Batista do programa Notícias Agrícolas.


Valter Moreira Peixoto - Araguari - MG

João Batista, quero fazer as seguintes perguntas, a você e todos os cafeicultores deste país. Será que o Presidente Lula está sabendo da crise em que vive a cafeicultura brasileira?

Será que ele sabe da enrolação da equipe de trabalho, que está renegociando as dívidas que serão transformadas em café para pagamento em 20 anos? Pelo que conheço o Presidente Lula, pela sua inteligência, já teria tomado medidas urgentes e a situação dos cafeicultores hoje seria totalmente diferente, pois ele sabe da importância que tem o café neste país.

Este grupo de pessoas que foram escalados pelo governo, para fazer as renegociações das dívidas dos cafeicultores (que já faz mais de seis meses e até agora não fez quase nada), o que já fez foi tudo errado..., por exemplo, o leilão de opções é uma verdadeira palhaçada, pois o produtor está colhendo o café, beneficiando e vendendo na boca da máquina; sendo assim, como o produtor vai vender o seu café no leilão de opção, para entregar no mês de março de 2010???, o que o governo continua fazendo, mais uma vez, é transferência de renda do produtor para os países importadores.

Srs. cafeicultores, dizer que o terceiro escalão do governo não está fazendo quase nada, isto é conversa fiada: as ordens vem do primeiro escalão e elas têm que serem cumpridas. Portanto, o que está acontecendo é que o Ministro da Fazenda, sr. Guido Mantega, não está nem um pouco preocupado com a cafeicultura..., que se danem os produtores de café. Sabe por que isto acontece??, falo como produtor de Minas Gerais, mas tambem falam os produtores de Mato Grosso, do Paraná, de Rondônia, e por que não acontece a nossa união se falamos todos a mesma linguagem???. Amigos produtores de café, onde está o nosso Ministro da Agricultura que sumiu, calou-se, será por que?

Caro amigo João Batista, você tem nos ajudado muito, mas pode fazer mais..., vamos convidar este pessoal do governo que está envolvidos no trabalho das renegociações das dívidas dos produtores de café, para virem ao seu programa de televisão para nos dar explicações..., vamos chegar este pessoal na parede!!!.

Além de tudo isso, estou ouvindo comentários que os cafeicultores do cerrado estão financeiramente bem, e que não precisam do apoio do movimento S.O.S. Varginha. Pois digo que são comentários sem fundamentos..., nós, produtores de café do Cerrado, estamos tão endividados como o restante dos cafeicultores do Brasil. Poderão existir algumas cooperativas contrárias ao movimento, mas estas não estão consultando os seus associados. Tenho certeza que os cafeicultores do cerrado estão solidários ao movimento S.O.S Varginha. Assim, esses comentários não podem prosperar, pois não é a realidade atual.

Não podemos, nós produtores, continuarmos a entregar nosso café, de tão boa qualidade, quase de graça ao mercado internacional..., os importadores é que estão comemorando e dando risadas dos pobres brasileiros cafeicultores, que além de pobres ainda são chamados de vigaristas.

Por fim, quero dizer ao Ministro Carlos Minc que os produtores rurais deste país são pessoas do trabalho e que somos pessoas dignas de caráter, personalidade, educação e humildade.

 

Veja tambÉm: