Produção

Café de Piatã na Bahia é o melhor do Brasil

 

postado em 18/11/2009 | Há 8 anos

A Bahia é o quarto maior estado produtor nacional de café, atrás de Minas, Espírito Santo e São Paulo, mas o café baiano do município de Piatã, na Chapada Diamantina, é o melhor do Brasil.

O lote do produtor Cândido Vladimir Ladeia Rosa, da Fazenda Ouro Verde, foi o campeão do 10º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil - Prêmio Cup of Excellence, com 91,08 pontos do Júri Internacional. Minas Gerais e São Paulo conquistaram o 2º e 3º lugares.

A Bahia também conquistou mais seis colocações entre os 26 finalistas. O reconhecimento é resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido pelos produtores da região, com apoio do Estado, por meio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).

A Seagri participou dos concursos na Bahia para a escolha dos produtores que representariam o Estado na fase internacional, como a última seletiva, em Vitória da Conquista, organizada pela Associação dos Produtores de Café da Bahia no dia 28 de outubro.

O lote do produtor Antonio Rigno, da Chácara São Judas Tadeu, foi classificado em 5º lugar; o de Manoel Gilmar Pereira, da Fazenda Passagem Funda, em 7º; o de Edemar Lúcio Matos Martins, da Fazenda Córrego Seco, em 10º.

O de Fábio Soares dos Anjos, da Fazenda Gerias, 11º; o de Eulino José de Novais, da Fazenda Santa Bárbara, em 15º e o de Antônio Macedo Souza, do Sítio Santo Antônio, em 22º. Todos são produtores de Piatã.

Promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e pela Alliance for Coffee Excellence (ACE), o 10º Concurso teve como juiz principal o diretor da ACE, Erwin Mierisch, e coordenação técnica do classificador Sílvio Leite, da Agricafé.

 

Veja tambÉm: