Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ N.Y. finalizou as operações nesta segunda-feira em baixa

N.Y. finalizou as operações nesta segunda-feira em baixa, a posição março oscilou entre a máxima de +0,30 pontos e mínima de -0,90 fechando com -0,60 pts.

 

postado em 05/02/2018 | Há 2 semanas

MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.  
Sul de Minas R$ 450,00 R$ 430,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 450,00 R$ 430,00 Março/2018 119,80 -0,60
Alta Paulista/Paranaense R$ 440,00 R$ 420,00 Maio/2018 122,10 -0,65
Cerrado R$ 455,00 R$ 435,00 Julho/2018 124,45 -0,65
Bahiano R$ 440,00 R$ 420,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Futuro 2018 - 6/7 15%cat R$ 440,00 R$ 430,00 Março/2018 150,50 -1,00
Futuro 2019 - 6/7 15%cat R$ 495,00 R$ 485,00 Setembro/2018 151,70 -0,80
Dólar Comercial: R$ 3,2470      

O dólar comercial fechou em alta de 1,01%, cotado a R$ 3,2470. Investidores estavam cautelosos diante da falta de apoio político do governo para aprovar a reforma da Previdência. No exterior, aumentaram as apostas de uma quarta alta dos juros pelo Federal Reserve (banco central norte-americano) neste ano.

O boletim da Somar Meteorologia indica que a chuva forte deslocou-se para o centro e norte do Brasil e o acumulado passou dos 100 milímetros na maior parte do Espírito Santo e oscilou entre 50 e 100 milímetros na Zona da Mata e Cerrado nos últimos dias. Também choveu no sul de Minas Gerais, Bahia e Mogiana, mas o acumulado foi mais modesto, inferior aos 50 milímetros. Nos próximos sete dias, a chuva prosseguirá sobre o centro e norte do Brasil com acumulado de pelo menos 50 milímetros na Mogiana, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. Por outro lado, entre o Paraná e oeste de São Paulo, o acumulado não chegará aos 30 milímetros. A temperatura permanecerá baixa para época do ano na maior parte das áreas produtoras.

Na sexta-feira passada, 26 de janeiro, em Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada em Brasília (DF), os conselheiros do CNC reelegeram o presidente executivo Silas Brasileiro para comandar a entidade entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2020. A seu lado, como coordenador do Conselho, estará o presidente da Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuaristas (Cocapec), Maurício Miarelli.   Além da presidência e da coordenação, foi definido o Conselho Diretor para a gestão no próximo biênio, que será composto por: Carlos Alberto Paulino da Costa (Cooxupé), Denilson Potratz (Sistema OCB-SESCOOP/ES), Francisco Miranda de Figueiredo Filho (Cocatrel), Francisco Sérgio de Assis (Federação dos Cafeicultores do Cerrado), José Marcos Rafael Magalhães (Minasul), José Vicente da Silva (Coopercitrus), Leonardo de Mello Brandão (Coccamig) e Luciano Ribeiro Machado (Bancoob). No encontro, também foram aprovadas, por unanimidade, as contas do exercício de 2017, a análise da proposta de orçamento para este ano e a contratação da empresa Adigo Desenvolvimento Empresarial e Familiar, que elaborará o planejamento estratégico do CNC e fará sua implantação para a execução nesse mandato. Para matéria completa acessem https://goo.gl/WmB9K4. Fonte CNC via Notícias Agrícolas.

As exportações em janeiro de café do Vietnã, maior produtor de robusta do mundo, atingiram 175 mil toneladas, crescimento de cerca de 20% na comparação com o reportado em igual mês de 2017, de acordo com estimativa inicial divulgada pelo Escritório de Estatística do Vietnã (GSO, na sigla em inglês). Na comparação com dezembro/17, quando foram exportadas 158 mil sacas, a alta foi de 10,7%. Em valor, as exportações de janeiro alcançaram US$ 340 milhões, ante US$ 318 milhões em dezembro. Fonte: Broadcast Agro.

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini

 

Veja tambÉm: