Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - N.Y. finalizou as operações nesta segunda-feira praticamente inalterada

N.Y. finalizou as operações nesta segunda-feira praticamente inalterada, a posição setembro oscilou entre a mínima de -1,85 pontos e máxima de +0,50 fechando com -0,30 pts.

 

postado em 10/07/2017 | Há 2 meses

MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.  
Sul de Minas R$ 460,00 R$ 440,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 460,00 R$ 440,00 Setembro/2017 128,60 -0,30
Alta Paulista/Paranaense R$ 450,00 R$ 430,00 Dezembro/2017 132,15 -0,25
Cerrado R$ 465,00 R$ 445,00 Março/2018 135,55 -0,25
Bahiano R$ 450,00 R$ 430,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Futuro 2018 - 6/7-15%cat R$ 525,00 R$ 515,00 Setembro/2017 152,10 -1,00
Futuro 2019 - 6/7-15%cat R$ 570,00 R$ 560,00 Dezembro/2017 157,85 -0,40
Dólar Comercial: R$ 3,2600      

O dólar comercial fechou em queda de 0,61%, cotado a R$ 3,2600. No mercado interno, o Banco Central voltou a atuar no mercado. Além disso, investidores mantêm cautela em relação ao cenário político brasileiro. O BC vendeu nesta segunda-feira a oferta integral de até 8.300 contratos em leilão de swap cambial tradicional (equivalente à venda futura de dólares), rolando US$ 415 milhões do total de US$ 6,181 bilhões que vencem no mês que vem. A última vez que o BC interveio no mercado com leilões desse tipo havia sido em 29 de junho. Os investidores também trabalhavam atentos ao cenário político brasileiro. O foco era a leitura do parecer do relator na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados, Sergio Zveiter (PMDB-RJ), sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva.

O boletim da Somar Meteorologia indica que a umidade que vem do mar causa chuva fraca no Espírito Santo, Zona da Mata de Minas Gerais e sul da Bahia por pelo menos sete dias. Por outro lado, no Paraná, São Paulo, sul de Minas Gerais e Cerrado, o tempo permanecerá seco neste período. A temperatura continua estável sem potencial para geadas. Na próxima semana, uma frente fria avançará pela Região Sul, mas não alcançará as áreas produtoras do Paraná.

O Brasil terá papel de destaque no Fórum Mundial de Produtores de Café, que será realizado em Medellín, na Colômbia, de hoje (10) a 12 de julho. A diretora da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Vanusia Nogueira, participará do evento como uma das oradoras do painel “Adaptação a Alterações Climáticas na Produção de Café” e apresentará o resultado dos investimentos em pesquisa e tecnologia que o País tem implantado para combater os efeitos causados pelas mudanças climáticas na cafeicultura. A participação integra as ações do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, que a entidade desenvolve em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Para matéria completa acessem http://brazilcoffeenation.com.br/Not%C3%ADcias/forum-mundial-produtores-cafe . Fonte: BSCA.

 
Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini

 

Veja tambÉm: