Tecnologias

Dow AgroSciences lança inseticida Tracer para o controle da Broca-do-Café

Os cafeicultores vêm se deparando com um aumento da resistência das pragas da cultura, especialmente porque muitos dos produtos disponíveis são misturas das mesmas moléculas.

 

postado em 14/10/2016 | Há 7 meses

São Paulo, 14 de outubro de 2016 – ​As duas principais pragas do café agora são controladas pelo inseticida Tracer, da Dow AgroSciences. O produto, que já tinha registro para o combate ao Bicho Mineiro, acaba de receber aprovação para a Broca do Café. “A extensão da bula de Tracer na cafeicultura reforça a presença da Dow neste mercado tão importante para o Brasil e para nossa empresa. Com este novo registro, o inseticida passará a ser comercializado ainda este ano, já para a safra 2016/2017”, afirma André Baptista, Gerente de Marketing para Café e Hortifruti da companhia.
 
Os cafeicultores vêm se deparando com um aumento da resistência das pragas da cultura, especialmente porque muitos dos produtos disponíveis são misturas das mesmas moléculas. Com isso, a performance deles acaba caindo e até se perdendo por completo. Tracer chega como mais viável aliado do cafeicultor, com modo de ação exclusivo no café, ele é fundamental para rotacionar com as demais opções e, assim, diminuir a pressão de pragas resistentes, trazendo sustentabilidade no manejo. 

Além disso, Tracer é seletivo aos inimigos naturais, preservando estes predadores, sem causar o desequilíbrio na população de ácaros. Tais características também o diferenciam de outros inseticidas e o tornam uma ótima ferramenta para o Manejo Integrado de Pragas da Cultura do Cafém, equilíbrio e economia para o negócio do produtor. Alguns destes inimigos naturais, por exemplo, apresentam eficiência de predação de até 70% das pragas.

“Promover a sustentabilidade da cadeia cafeeira é fundamental. Os mecanismos de ação de Tracer favorecem o uso racional de defensivos na cultura. Tracer, que sempre foi o inseticida padrão de controle nas culturas em que foi utilizado, como milho e algodão, agora chega como excelente ferramenta para controlar as principais pragas do café”,  complementa André Baptista.   

Premiações e certificações     

Em seu lançamento nos Estados Unidos, o inseticida recebeu o Green Chemistry Award, um dos principais prêmios concedidos às tecnologias mais sustentáveis do mundo. Tracer tem origem biológica e é derivado da fermentação de microorganismos com forte ação inseticida.

No Brasil, o produto possui o selo do IBD para agricultura orgânica e ativo harmonizado para exportação. O IBD é a maior certificadora agropecuária e alimentícia da América Latina.      

 

Veja tambÉm: