Produção

Café especial produzido a 70km da Ponte JK conquista o mercado

 

postado em 25/09/2011 | Há 6 anos

Correio Braziliense Online

 
24/09/2011 - Diego Amorim

Eurípedes Fontenelle: "Brasília vive um boom do café especial"

Um café especial brasiliense, plantado, moído e ensacado em uma propriedade a 70km da Ponte JK, na região do Programa de Assentamento Dirigido do DF (PAD-DF), tem conquistado o mercado. Eurípedes Fontenelle, 57 anos, cultiva grãos há mais de uma década. No ano passado, resolveu apostar no mercado consumidor de cafés da capital. Já acumula 70 clientes, entre restaurantes, padarias e supermercados. Duas vezes por semana, o produto é distribuído na cidade: é cerca de 1 tonelada todo mês. “Brasília vive um verdadeiro boom do café especial”, comenta.

Os 200 mil pés ficam localizados em um terreno a mil metros de atitude, totalmente irrigado. Fontenelle explica que os grãos do cerrado são reconhecidos como um dos melhores do mund o. “Conseguimos produzir um café encorpado e ácido, o que é sinônimo de qualidade”, afirma o cafeicultor, que investiu R$ 3 milhões em todo o processo. Em um ano e meio, com mais R$ 2,5 milhões, ele planeja aumentar a plantação para 7 mil pés e turbinar a produção de grãos. Com preço mais competitivo — R$ 35 o quilo —, Eurípedes se diz pronto para encarar a concorrência de marcas de fora.GOSTOU DESTA NOTÍCIA? COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS!Mais

 

Veja tambÉm: