Mercado

Os preços do café voltaram a subir ontem na bolsa de Londres, renovando as máximas em dois anos e meio

 

postado em 22/02/2011 | Há 7 anos

AGRONEGÓCIOS
22/02/2011
 
Commodities Agrícolas 
 
Produção retida Os preços do café voltaram a subir ontem na bolsa de Londres, renovando as máximas em dois anos e meio. Ontem, os contratos para maio fecharam a US$ 2.387 por tonelada, com ganho de US$ 50 sobre o pregão anterior. Analistas ouvidos pela Bloomberg disseram que os produtores do Vietnã, líder mundial em café robusta, estão segurando a oferta diante da expectativa de que os preços subam ainda mais. \"Como não há sinais de queda nos preços, os produtores do Vietnã retraem a oferta\", disse Andrea Thompson, analista da Belfast à Bloomberg. Em Nova York não houve pregão devido ao feriado do Dia do Presidente. No Brasil, o indicador Cepea/Esalq o indicado para o café arábica fechou o dia valendo R$ 512,99 por saca, queda de 0,01%.
 

 

Veja tambÉm: