Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ N.Y finalizaram a quinta-feira em baixa

As operações em N.Y finalizaram a quinta-feira em baixa, a posição março oscilou entre a máxima de +0,45 pontos e mínima de -1,50 fechando com -0,45 pts.

 

postado em 01/02/2018 | Há 3 semanas

MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.  
Sul de Minas R$ 450,00 R$ 430,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 450,00 R$ 430,00 Março/2018 121,40 -0,45
Alta Paulista/Paranaense R$ 440,00 R$ 420,00 Maio/2018 123,75 -0,45
Cerrado R$ 455,00 R$ 435,00 Julho/2018 126,15 -0,40
Bahiano R$ 440,00 R$ 420,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Futuro 2018 - 6/7 15%cat R$ 450,00 R$ 440,00 Março/2018 152,50 -1,35
Futuro 2019 - 6/7 15%cat R$ 505,00 R$ 495,00 Setembro/2018 153,80 -0,70
Dólar Comercial: R$ 3,1690      

 

O dólar comercial fechou em queda de 0,36%, cotado a R$ 3,1690. Investidores seguiam atentos a indicadores dos Estados Unidos que possam dar mais indícios sobre a economia do país em 2018. Na quarta-feira (31), o Federal Reserve, banco central norte-americano, deixou inalterada a taxa de juros, mas disse que a inflação deve acelerar este ano. Juros maiores nos EUA podem atrair para lá recursos aplicados em outras economias, como a brasileira. No Brasil, o mercado acompanha negociações do governo do presidente Michel Temer para aprovar a reforma da Previdência.

O boletim da Somar Meteorologia   indica que segundo informações mais recentes do modelo COSMO-INMET, nos próximos sete dias tem previsão de chuva de mais de 150mm no Espírito Santo e cerrado mineiro. Já o Paraná, São Paulo e sul de Minas não tem chuva significativa neste período. Rondônica tem acumulados entre 60 e 100mm. Na segunda semana de fevereiro, a chuva espalhará por todas as áreas produtoras novamente.

A exportação brasileira de café em grão no mês de janeiro (22 dias úteis) alcançou 2,618 milhões de sacas de 60 kg, o que corresponde a um aumento de 6,4% em relação a igual mês do ano passado (2,461 milhões de sacas). Em termos de receita cambial, houve crescimento de 3,1% no período, para US$ 417,8 milhões em comparação com os US$ 431,1 milhões registrados em janeiro de 2017. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Quando comparada com dezembro passado, a exportação de café em janeiro apresenta elevação de 1,5% em termos de volume – em dezembro os embarques somaram 2,580 milhões de sacas. A receita cambial foi levemente menor (0,3%), considerando faturamento de US$ 419,1 milhões em dezembro passado. Fonte:Estadão Conteúdo via Isto é Dinheiro.

 
Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini Serviços

 

Veja tambÉm: