Produção

Prêmio para os cafés das Montanhas do Espírito Santo

Vinte cafés de oito municípios capixabas se credenciaram, depois de duas eliminatórias, a disputar a finalíssima do Oscar das Montanhas para café arábica, o Concurso RealCafé/UCC Group, que chega a sua 14ª edição.

 

postado em 28/11/2017 | Há 2 semanas

Vinte cafés de oito municípios capixabas se credenciaram, depois de duas eliminatórias, a disputar a finalíssima do Oscar das Montanhas para café arábica, o Concurso RealCafé/UCC Group, que chega a sua 14ª edição. Os vencedores serão conhecidos no dia 2 de dezembro.

O Prêmio tem por objetivo identificar e premiar os melhores cafés da variedade arábica produzidos de forma sustentável nas Montanhas do Espírito Santo, além de incentivar os produtores na busca constante da melhoria da qualidade, conquistar novos mercados e atender à crescente demanda por cafés especiais.

Técnico agrícola e degustador de café, o Deputado Federal Evair de Melo (PV-ES), participa do Prêmio Realcafé/UCC Group de Qualidade desde a sua primeira edição como jurado e coordenador técnico. Incentivador e defensor do cultivo de cafés especiais no Espírito Santo, ele destaca que o concurso “abriu as portas do mundo” para o café de qualidade do Espírito Santo.

“Nós não tínhamos a cultura de cultivo de cafés especiais no Estado e o Prêmio trouxe isso, conseguindo chegar aos produtores. Esses produtores se especializaram e têm os seus grãos reconhecidos em todo o mundo. Além disso, o Prêmio Realcafé/UCC Group de Qualidade é o primeiro concurso do mundo a juntar os conceitos de qualidade e sustentabilidade, no qual além da avaliação do grão, as práticas utilizadas nas propriedades rurais também são levadas em consideração. É um exemplo para o mundo", avalia Evair.

 

Premiação

Todos os vinte finalistas recebem premiação em dinheiro. O primeiro colocado vai receber R$ 30 mil; o segundo, R$ 20 mil; o terceiro, R$ 15 mil; o quarto, R$ 7 mil; o quinto, 5 mil: do sexto ao décimo, R$ 3 mil e do décimo primeiro ao vigésimo, R$ 1,5 mil.

Assim como o último vencedor do concurso, o produtor Edmar Busato, de Marechal Floriano, o primeiro colocado no Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade deste ano também terá o seu grão comercializado em uma edição limitada que levará o seu nome.

O Prêmio conta com uma Comissão Julgadora, composta por profissionais reconhecidos no mercado de cafés finos e especiais. Dentre eles, está Marco Suplicy, fundador da Suplicy Cafés Especiais; Geórgia Franco de Souza, fundadora da Lucca Cafés Especiais; e Eliana Relvas, consultora de cafés para o Grupo Pão de Açúcar.

20 Finalistas do 14º Concurso Realcafé/UCC Group 2017


Luciano Dutra Pimenta                               Afonso Cláudio
Luciano Dazílio Delpupo                             Afonso Cláudio
Benice Braga Sutil                                      Afonso Cláudio
Flosina Littig Braga                                     Afonso Cláudio
Moacir Vieira de Amorim                             Afonso Cláudio
Lindalva Delpupo Ruckdeschel                  Afonso Cláudio
Noeli Edir de Paula                                     Brejetuba
Luiz Ambrozim                                            Brejetuba
José Leandro Romão                                 Castelo
Marcos Antônio Tomazini                            Castelo
Wesley Isac Noia Gomes                           Ibatiba
Amélio Leocádio Pereira                             Ibatiba
José Davino Gomes                                    Ibatiba
Gilmar de Castro Souza                              Irupi
Arnaldo Krause                                            Itarana
Laudio Krause                                              Itarana
Lurdiane Cacia Uhlig Krause                       Itarana
Claudia Krause Battestin                             Itarana
José Carlos Velten                                       Marechal Floriano
Gilberto Brioschi                                           Venda Nova do Imigrante

 

Veja tambÉm: