Tecnologias

Cafezal produtivo começa com mudas de qualidade

As plantações de café se confundem com a história de São
Paulo.

 

postado em 24/11/2017 | Há 3 meses


21/11/2017 - Hoje as lavouras diminuíram bastante, mas ainda tem muito produtor que sobrevive dos cafezais. Adauto Martínez Filho é um deles. Ele cultiva 100 mil pés no município de São Manuel (SP).

O sucesso de uma lavoura depende de muito trabalho, que começa no desenvolvimento das mudas. O técnico agrícola Carlos Alberto Boneto Fiappina explica que as sementes são colocadas em uma areia livre de praga, principalmente de nematóide. O tempo médio de germinação gira entre 30 e 40 dias, mas se estiver muito frio pode chegar a 90.

Depois, a semente germinada segue para outras etapas. As mudas mais vigorosas, com raízes perfeitas, são selecionadas. Em seguida, vão para tubetes, onde ficam até que tenham caule com espessura ideal e umas três ou quatro folhas. No viveiro de Carlos Alberto, que fica em São Manuel, são mais de 200 mil mudas de café. Elas serão vendidas para produtores da região de Botucatu (SP).

Depois de plantadas, as mudas demoram pelo menos dois anos para produzir. Os pés de café podem dar frutos por até 50 anos. A altitude favorece os cafezais. São Manuel, localizado por volta de 700 metros acima do nível do mar, se beneficia disso. O café é uma planta de ciclo bianual, ou seja, quando uma safra é bem alta, a colheita da outra será bem menor.

Fonte: G1 Sorocaba e Jundiaí eTV TEM

 

Veja tambÉm: