Produção

Nespresso investe na reciclagem de cápsulas

O consumo de cafés em cápsulas segue em crescimento no Brasil. Com a demanda maior, também é crescente a preocupação em relação ao descarte correto das cápsulas.

 

postado em 09/11/2017 | Há 1 semana

A Nespresso, sediada na Suíça e pioneira na comercialização de cafés em cápsulas, investe na reciclagem das embalagens de alumínio no País e um dos grandes desafios é conscientizar os consumidores a devolverem as embalagens para ser recicladas. No Brasil, a empresa tem capacidade de reciclar 60% do volume de cápsulas vendidas pela marca. Porém, o índice de devolução e reciclagem chega a apenas 11%. 

A preocupação em reciclar as embalagens é grande devido à tendência de crescimento do consumo dos cafés em cápsulas. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), a expectativa é que entre 2016 e 2020 o consumo desta modalidade cresça 17,5% ao ano. O índice é bem alto quando comparado com as demais formas de consumo da bebida. Para se ter ideia, no mesmo período, o consumo de café em grão torrado tende a crescer 3,7% por ano e em pó, 2,9% ao ano. O consumo de café em cápsulas deve passar das 10 mil toneladas em 2016 para 18 mil toneladas em 2017, respondendo por cerca de 1,5% do consumo total do grão no Brasil.

Fonte: Diário do Comércio

 

Veja tambÉm: