Produção

Espírito Santo volta a proibir irrigação de lavouras em todo o estado

Os produtores rurais de todo o Espírito Santo e cafeicultores capixabas, já que o estado é o maior produtor de café conilon do Brasil, estão proibidos de realizar a irrigação de lavouras diante das as condições climáticas recentes

 

postado em 14/09/2017 | Há 2 meses

LOGO nalogo

A medida foi publicada no DIO/ES, nesta segunda-feira (11) e restabelece o Cenário de Alerta.

A Agerh (Agência Estadual de Recursos Hídricos) informou ao Notícias Agrícolas que "a captação de água para fins que não sejam o abastecimento humano está proibida em todo o Estado durante o dia, das 5 às 18 horas". Não há prazo para suspensão da medida.

No ano passado, a mesma medida chegou a ser aprovada pelo governo do estado em meio a uma severa seca que impactou fortemente a produção de conilon. Foi a pior safra dos últimos 10 anos. A colheita da temporada 2017/18 já foi finalizada, com expectativa de produção entre 6,5 milhões a 8 milhões de sacacas de 60 kg.

Os reflexos das intempéries climáticas recentes devem aparecer em 2018/19. Cerca de 80% das lavouras de café do estado utilizam irrigação e as plantas que vão produzir no ano que vem estão em fase de floração. Neste momento, a planta necessita ainda mais de água para desenvolvimento dos frutos.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas
 

Veja tambÉm: