Tecnologias

Ataque de cochonilha das rosetas vem acentuando nos cafezais do cerrado Por Alessandro Guieiro

Vem se acentuando em diversas propriedades o ataque de cochonilha das rosetas.

 

postado em 17/08/2017 | Há 1 mese

Ataque de cochonilha das rosetas vem acentuando nos cafezais do cerrado Por Alessandro Guieiro

Planococcus citri e a Planococcus minor
Ou popularmente
Cochonilha das rosetas

Vem se acentuando em diversas propriedades o ataque de cochonilha das rosetas. Este problema se da principalmente em função do desequilíbrio ambiental, ocasionado pelo uso desenfreado de inseticidas não seletivos aos inimigos naturais.

Uma praga que até pouco tempo era tida como uma praga secundária da cultura do café, vem se destacando e em alguns casos está causando prejuízos in mensuráveis.
No período de inverno, a cochonilha se aloja no solo, onde se alimenta de raízes e radicelas. Já o período de trânsito ocorre a partir de agosto. Nesta época pode-se observar a movimentação das espécies adultas pelo solo, nos caules e hastes do café.
A cochonilha se aloja na roseta junto ao botão floral, às flores e ao chumbinho, onde forma a colônia, que é composta por ninfas e adultos. Seu principal dano é a sucção da seiva, que provoca a mumificação do chumbinho e forma uma roseta com pequeno número de grãos.
Algumas formas de controle tem sido eficientes quando realizadas de forma preventiva, tais como uso de inseticidas sistêmicos aplicados no solo via "drench", inseticidas químicos específicos via folha ( sempre ajustar dose e volume de calda), inseticidas biológicos, este sempre tomar os cuidados necessários pois estará manejando organismos vivo.

A G Consultoria Agronômica
Speciality coffee

 

Veja tambÉm: