Comércio

Caminhoneiros bloqueiam parcialmente acesso ao Porto de Santos

 

postado em 01/08/2017 | Há 2 meses

Caminhoneiros realizam desde o início da manhã desta terça-feira um protesto na chegada ao Porto de Santos (SP) contra o aumento das alíquotas de PIS/Cofins sobre o diesel, e o fluxo de veículos está parcialmente bloqueado, informou à Reuters a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

A Codesp disse que a manifestação afeta apenas a margem direita do terminal, localizada no município de Santos. Os veículos circulam apenas uma faixa da via que dá acesso ao local. Dentro do porto, o fluxo é normal.

Já a margem esquerda do porto, localizada no município de Guarujá e que contém instalações da Santos Brasil, Cargill, Cutrale e Grupo Caramuru, não registra protestos, acrescentou a Codesp, por meio da assessoria de imprensa.

As manifestações haviam sido programadas pelos caminhoneiros ainda na semana passada, em resposta à decisão do governo de elevar as alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis, em uma tentativa de aumentar a arrecadação que elevou custos.

O Porto de Santos é o principal terminal brasileiro para exportação de commodities agrícolas. Nesta época do ano, a movimentação é maior com milho e açúcar, culturas que estão em pico de safra. Os terminais em geral trabalham com estoques.

Fonte: Reuters (Por José Roberto Gomes) com foto de Marco Silva/Estadão Conteúdo

 

Veja tambÉm: