Comércio

Estoques privados de café do Brasil caem para 9,86 mi de sacas, diz Conab

O café do tipo arábica correspondeu a cerca de 90 por cento do total do café estocado, somando 8,87 milhões de sacas, enquanto o robusta (conilon) atingiu 994,8 mil sacas.

 

postado em 12/07/2017 | Há 4 meses

12/07/2017 SÃO PAULO (Reuters) - Os estoques privados de café do Brasil ao final da safra 2016 somaram 9,86 milhões de sacas de 60 kg em 31 de março de 2017, queda de 27,4 por cento ante o volume apontado ao final da safra 2015, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quarta-feira.

O café do tipo arábica correspondeu a cerca de 90 por cento do total do café estocado, somando 8,87 milhões de sacas, enquanto o robusta (conilon) atingiu 994,8 mil sacas.

Os estoques de arábica, que respondem pela maior parte da produção nacional de café, são os menores desde 2012, quando somaram 7,7 milhões de sacas. Quando se inclui o total de conilon, os estoques finais também foram os menores em cinco anos.

A Região Sudeste, líder na produção nacional, respondeu por 90,7 por cento do estoque total brasileiro.

Estado com a maior produção do país, Minas Gerais respondeu por 78 por cento dos estoques nacionais.

O Espírito Santo, maior produtor de conilon, teve 7 por cento dos estoques do país.

(Por Roberto Samora)

Fonte: Reuters

 

Veja tambÉm: