Tecnologias

Idealizado por estudante da UFLA, Prima Café vence Startup Weekend Lavras (MG)

Um clima de competição, compartilhamento e descontração tomou conta dos participantes e mentores. Ao final, uma banca de especialistas avaliou os 12 projetos.

 

postado em 13/06/2017 | Há 2 semanas

Idealizado por estudante da UFLA, Prima Café vence Startup Weekend Lavras (MG)


13/06/2017 - Tirar do papel uma ideia e transformá-la em realidade, foi a missão de cerca de 100 jovens e profissionais, que durante 54 horas puderam vivenciar intensamente como nasce uma startup. Um clima de competição, compartilhamento e descontração tomou conta dos participantes e mentores. Ao final, uma banca de especialistas avaliou os 12 projetos.

Durante o primeiro dia do Startup Weekend Lavras, realizado entre os dias 2 e 4 de junho na Agência de Inovação do Café (InovaCafé), uma fila foi formada e os participantes tiveram 60 segundos para “vender sua ideia”.

Um dos projetos idealizados e ganhador do Startup Weekend, foi uma startup voltada para o agronegócio. A ideia surgiu de um trabalho realizado pelo estudante de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Pedro Rodolfo Bianchim de Oliveira. O estudante explica que ao desenvolver um trabalho juntamente com um doutorando da UFLA em uma plantação de café, usando uma colheitadeira, percebeu que a máquina não colhia de maneira eficiente os grãos, quebrando diversos galhos, o qual prejudicava a safra seguinte. Dessa forma, teve-se a ideia inicial de se criar um sensor que controlasse a vibração das colheitadeiras, de modo a não quebrar os galhos. Entretanto, ao tentar validar a ideia com diversos cafeicultores, percebeu-se que este problema não existia.

Por outro lado, no momento de validação foi encontrado outro problema, relacionado à colheita, no que se refere à colheita seletiva de grãos que a máquina não realiza. Assim surgiu a ideia de criar um sensor com análise de imagens acoplado à esteira da colheitadeira que permitisse fazer uma análise de precisão da quantidade de grãos maduros, verdes, resíduos, bem como a produtividade por área, gerando informações as quais são enviadas para o computador ou smartphone do produtor/gestor, possibilitando ações corretivas precisas em tempo real.

A equipe multidisciplinar formada pelo idealizador e os alunos da UFLA Rafael Vilela (Administração), Erivelton Neves (Engenharia de Materiais), a Professora do Departamento de Administração e Economia (DAE), Maria Cristina Angélico e o engenheiro de telecomunicações do Inatel Takaite Takehara, desenvolveram o conceito que originou o Prima Café, voltado para agricultura de precisão, com o objetivo de aumentar a produtividade e qualidade do café, através do dispositivo vCoffee, formado por um software e hardware.

A comercialização de produtos agrícolas é uma das fortes características observadas na economia brasileira, que é responsável por grande parte da produção latino-americana e mundial. Dentre os itens mais valorizados na economia nacional destacam-se o café, no qual o Brasil é considerado o maior produtor e exportador mundial segundo a ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café, 2016). Os investimentos em melhoria da qualidade do café têm atraído cada vez mais para o Brasil um público que antes recorria sempre a outros países como a Colômbia, conhecida por sua qualidade.

A Chefe de Gabinete do Reitor da UFLA, Josiana Muniz de Paiva Barsante e uma das juradas do Startup Weekend Lavras, comenta que “a universidade tem uma política de investimento em empreendedorismo e inovação. As startups são as “meninas dos olhos” do Reitor Professor Scolforo, porque nós vemos nisso um potencial muito grande de valorização intelectual dos nossos estudantes, de valorização dessa capacidade de pensar de propor, o que é muito importante não só para a universidade, mas também para o egresso que nós temos prioridade em formar com espírito inovador e que pode fazer diferença no mercado de trabalho.

Foi a minha primeira experiência, eu nunca tinha participado, já tinha ouvido falar sobre o Startup Weekend, participei da FAPEMIG a um tempo atrás e a gente ouvia muito a questão das startups, mas nunca tinha presenciado nem participado como júri. E para nós é um grande desafio, porque foram 12 ideias muito bacanas, a gente vê o entusiasmo, a emoção dos meninos e nos comovemos com isso. É difícil ser técnico o suficiente no final para conseguirmos selecionar as melhores propostas. ”

O Pró-Reitor de Extensão e Cultura da UFLA, João José Granate de Sá e Melo Marques, um dos apoiadores do Startup Weekend explica que, eventos como esse fomentam a cultura empreendedora dentro da Universidade, promovendo ideias que podem ajudar a sociedade por meio de soluções inovadoras.

O evento contou com a participação do Prefeito Municipal de Lavras José Cherem, o Reitor da UFLA Professor José Roberto Soares Scolforo, o Diretor na InovaCafé Professor Luiz Gonzaga de Castro Júnior e demais profissionais empreendedores.

Startup Weekend

É uma rede global de líderes e empreendedores de alto impacto em uma missão para inspirar, educar e capacitar indivíduos, equipes e comunidades. Mais de 8.000 startups foram criadas nos eventos realizados em cerca de 100 países. O evento já contou com a participação de mais de 400 mil pessoas ao redor do mundo. O Startup Weekend é um evento de imersão, uma experiência única onde empreendedores e aspirantes a empreendedores podem descobrir se suas ideias de startups são viáveis. Venha compartilhar ideias, formar equipes e lançar startups.

Todos os eventos do Startup Weekend seguem o mesmo modelo básico: qualquer pessoa é bem-vinda para expor a sua ideia de startup e receber feedback de outros participantes. São formadas equipes em torno das melhores ideias (determinadas por votação) e a partir daí são 54 horas de criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado. O fim de semana termina com a apresentação dos projetos a empreendedores de sucesso em uma nova oportunidade para receber feedback.

Fonte: Ascom InovaCafé

 

Veja tambÉm: