Produção

CNA destaca importância de preservar o meio ambiente na produção agrícola

Como consequência destas ações, estão preservadas 20,5% das florestas do país em propriedades rurais, o que representa uma área maior do que as Unidades de Conservação ou das terras indígenas estabelecidas pela Constituição.

 

postado em 06/06/2017 | Há 6 meses

CNA destaca importância de preservar o meio ambiente na produção agrícola

Brasília (05/06/2017) – O Sistema CNA/SENAR/ICNA promove uma série de ações voltadas à preservação ambiental na agropecuária que resultam na proteção de florestas e nascentes, no uso racional da água, no estímulo à agricultura de baixo carbono, entre outras medidas fundamentais ao meio ambiente.

Como consequência destas ações, estão preservadas 20,5% das florestas do país em propriedades rurais, o que representa uma área maior do que as Unidades de Conservação ou das terras indígenas estabelecidas pela Constituição.

Na CNA, as iniciativas relativas à conservação ambiental são de responsabilidade da Comissão Nacional do Meio Ambiente (CNMA) e da Subcomissão Nacional de Recursos Hídricos.

Esses colegiados, com a participação de representantes dos produtores de todos os estados, definem o posicionamento da CNA e da agropecuária nas questões relativas ao desenvolvimento sustentável.

Outro destaque, segundo a CNMA, é a ampla adesão dos proprietários de imóveis rurais ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), instrumento do Código Florestal, o que mostra o papel do produtor rural para conservar grande parte dos ativos ambientais do país.

Vídeo – Em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta segunda (5), o Sistema CNA/SENAR/ICNA divulgou nas redes sociais e no site da Confederação um vídeo que começa com um questionamento: “O que estamos fazendo para conservar o meio ambiente?”

O vídeo mostra alguns exemplos de projetos fundamentais na preservação da natureza, como o Biomas, que usa a árvore como fonte de rendas nas propriedades, o ABC Cerrado, que estimula a agricultura de baixo carbono, e o Programa de Proteção de Nascentes.

Além disso, o vídeo também registra a importância da assistência técnica e gerencial para atenuar os efeitos das mudanças climáticas. E finaliza com a mensagem que o produtor rural sabe que para “produzir é preciso conservar”. “Fazemos tudo isso porque vivemos da terra, porque o meio ambiente é nossa casa, nosso sustento, nosso alimento”....

Veja abaixo alguns programas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural que preservam o meio ambiente:

O objetivo é promover o programa “Educação para Uso do Fogo e Combate aos Incêndios Florestais” para pequenos, médios e grandes produtores rurais e crianças, residentes em áreas de forte risco de incêndios florestais. Capacita instrutores do Senar para difusão das técnicas de combate ao fogo, por meio dos cursos de Formação Profissional Rural (FPR), dentre outras ações.

O Programa ABC é voltado para capacitação de técnicos especializados junto às federações estaduais de agricultura e pecuária, com o objetivo de criar uma rotina de produção, bancada com tecnologia de baixa emissão de carbono.

O programa incentiva a adoção de tecnologias para irrigação, assegurando a produção de alimentos, principalmente nas regiões com escassez de água. Faz parte do projeto de Desenvolvimento da Irrigação e do Uso Sustentável da Água.

Lançado em março de 2015. A meta foi proteger mil nascentes de água em todo o país. O programa adotou como modelo cinco passos estratégicos: identificar e cercar a nascente, limpar a área, controlar a erosão e replantar espécies nativas. É de responsabilidade do Senar, em colaboração com as federações estaduais de agricultura e pecuária.


O projeto propõe novos estudos para melhorar o monitoramento da água utilizada na agricultura irrigada, com ênfase nas vantagens competitivas da agricultura brasileira. 

Destaca a importância da produção agrícola como estratégia de desenvolvimento social, econômico e ambiental, contribuindo para a segurança alimentar.

O Projeto Biomas, de 2010, é resultado de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Tem a participação de mais de 100 pesquisadores e professores de diferentes instituições, que buscam alternativas de reintrodução de árvores nativas e exóticas, nas propriedades rurais, para gerar novas fontes de renda com conservação do ambiente.

Assessoria de Comunicação CNA


 

 

Veja tambÉm: