Mercado

Denominação de Origem Região do Cerrado Mineiro será lançada na Europa

A Região do Cerrado Mineiro é a primeira Denominação de Origem para Cafés do Brasil.

 

postado em 02/06/2017 | Há 5 meses

A Federação dos Cafeicultores do Cerrado é a entidade que controla, promove e representa a Região, e é ela quem lançará em Budapeste no próximo mês de junho, a Denominação de Origem para todo continente Europeu.

O lançamento acontecerá durante a “World of Coffee” realizada pela SCA (Specialty Coffee Association) em Budapeste na Hungria, entre os dias 13 a 15 de junho, onde a Federação irá desenvolver uma série de ações. No evento a Região do Cerrado Mineiro irá contar com um estande onde serão desenvolvidas atividades como cuppings que abordarão desde as nuances dos cafés da Região até novas variedades que vem sendo desenvolvidas pela pesquisa na Região, passando ainda pelos melhores cafés da última safra. Ainda neste espaço será dado um grande foco na apresentação das ferramentas de rastreabilidade da Denominação de Origem buscando demonstrar aos compradores os diferenciais para garantia de Origem e Qualidade dos Cafés da Região.

Como objetivo estratégico a Região do Cerrado Mineiro comunicará em seu estande e seus materiais promocionais, o que na visão da Federação, é o maior valor da Denominação de Origem que são os produtores. Para o Presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Francisco Sérgio de Assis, que está a frente da entidade há 16 anos; “nosso cafeicultor tem o espírito empreendedor e inovador e são eles os maiores responsáveis pelo desenvolvimento da nossa Região, portanto queremos levar histórias fantásticas de vidas dedicadas a essa cafeicultura apaixonante” – explicou Assis.

Ainda nas dependências da Hungexpo (local de realização da Feira em Budapeste) a Federação dos Cafeicultores do Cerrado irá promover um café da manhã para marcar o Lançamento Oficial da Denominação de Origem para a Europa. Para esse evento além dos produtores, cooperativas e parceiros da Região serão convidados exportadores, importadores, torrefadores e baristas.

As ações de lançamento não se restringem apenas aos dias da feira. No dia 16 de junho em uma cafeteria da capital Húngara acontecerá uma degustação comentada dos cafés da Região do Cerrado Mineiro para convidados. A cafeteria anfitriã servirá os cafés da Região durante a semana que acontece a World of Coffee, apresentando e promovendo a Origem. 

Segundo o Superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal o lançamento e a participação na World of Coffee fazem parte da estratégia para geração de demanda para cafés com a Denominação de Origem da Região. “Seguindo nosso direcionamento estratégico, após termos lançado em 2014 a Denominação de Origem para os Estados Unidos, vamos agora para Europa participar da World of Coffee em um importante momento de nossa estratégia no qual estamos voltados ainda mais ao desenvolvimento de mercado para a Denominação de Origem. Ressaltamos ainda, que esta Feira marca a integração da Associação Americana de Cafés Especiais com a Associação Europeia de Cafés Especiais dando uma conotação ainda mais importante a este evento” – finalizou o Superintendente.

Acompanhando a Federação haverá uma missão composta de produtores e representantes das Cooperativas, Associações e parceiros da Região demonstrando a integração da Região em torno do mesmo propósito.
Com esta ação a Federação espera aumentar a demanda por cafés com Selo de Origem e Qualidade que é o que leva Origem Controlada e Qualidade Garantida até os consumidores.

Este projeto conta com o apoio das Cooperativas filiadas à Federação dos Cafeicultores do Cerrado que são as organizações que compõe o Conselho de Administração da Entidade.

Sobre a Denominação de Origem Região do Cerrado Mineiro

A Região do Cerrado Mineiro é uma Denominação de Origem protegida, para café verde da espécie coffea arabica e café industrializado torrado em grão ou moído, que foi reconhecida pelo INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial, órgão brasileiro, e publicado no Diário Oficial da União sendo a primeira origem produtora brasileira de cafés a obter tal status. Desde 2005 a Região já contava com o reconhecimento de Indicação de Procedência

A Região do Cerrado Mineiro abrange o Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste do Estado de Minas Gerais, no Brasil, compreendendo 55 municípios. A Região do Cerrado Mineiro produz anualmente cerca de 5 milhões de sacas de café (60 kg), o que corresponde a 20% da produção do estado de Minas Gerais e 10% da produção brasileira do grão, plantados em uma área de aproximadamente 210.000 hectares.

World of Coffee em números

A Feira é considera uma feira global para cafés. Os números da última edição comprovam isso: 

81 países expositores;
6.500 visitantes;
254 empresas expositoras;
650 participantes dos seminários da programação.

 

 

Veja tambÉm: