Mais Café

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM CAFEICULTURA ABRE A 48ª EXPOAGRO DIA 10 MAIO

Pesquisador nas áreas de tratos culturais, manejo e nutrição do cafeeiro da Fundação PROCAFÉ, o Engº Agrº Alysson Vilela Fagundes será um dos palestrantes do evento.

 

postado em 10/05/2017 | Há 2 semanas


Assim que assumiu a pasta do Desenvolvimento, na Prefeitura de Franca (SP), Flávia Lancha iniciou contatos com José Edgard Pinto Paiva, presidente da Fundação PROCAFÉ - Fundação de Apoio à Tecnologia Cafeeira, para tratativas relacionadas aos diversos projetos e programas que seriam implementados a partir de 2017. E um deles tem início na manhã desta quinta-feira, dia 11 de maio.

Em parceria com a equipe de profissionais da Fundação Procafé responsável pela Estação Experimental do Café da Alta Mogiana, a Comissão Organizadora da 48ª EXPOAGRO - Exposição Agropecuária de Franca (SP) terá o "Curso de Atualização em Cafeicultura na Alta Mogiana" como o primeiro evento técnico da exposição.

O curso acontecerá durante todo o dia, no Auditório "Fábio de Salles Meirelles", no Parque de Exposições "Fernando Costa", em Franca (SP) e será coordenado pela equipe do Engº Agrº Marcelo Jordão Filho, da Fundação Procafé - Franca.

Consta na programação abordagens técnicas envolvendo "Novas Cultivares", "Formação de Mudas", "Adubação do Cafeeiro", "Implantação de Lavouras", "Irrigação", "Podas" e "Pós-Colheita".

Pesquisador nas áreas de tratos culturais, manejo e nutrição do cafeeiro da Fundação PROCAFÉ, o Engº Agrº Alysson Vilela Fagundes será um dos palestrantes do evento. Com mestrado em fitotecnia e uma ampla experiência na cafeicultura, Alyson ressalta a importância deste Curso de Atualização em Cafeicultura para os cafeicultores da Alta Mogiana. "Estamos trazendo diversas tecnologias, o que tem de novidade e o mais moderno na cafeicultura brasileira. Como será o primeiro curso realizado pelo PROCAFÉ aqui na Mogiana, pegamos desde o início, desde a formação da lavoura cafeeira, até chegar na pós-colheita, passando pela parte de nutrição, podas. Então, considero que vai ser um curso bem completo, com todas as novidades que o cafeicultor espera", disse Alyson.

"A Mogiana é uma região excepcional para a cafeicultura. Eu sou do Sul de Minas. Mas costumo dizer que se tivesse que escolher uma área no Brasil para se produzir café, eu escolheria a região de Franca (SP). Está dentro do Estado de São Paulo, áreas altas, boas condições climáticas e, em especial, de chuvas, e uma excelente qualidade final dos cafés. Eu defendo que, para um cafeicultor estragar a qualidade do café aqui produzido, ele tem que ser artista, saber fazer o trabalho muito mal feito para estragar a qualidade do café. É um local fantástico para cafeicultura", explicou Alyson.
 
A Fundação PROCAFÉ veio para aprimorar e auxiliar os cafeicultores da Alta Mogiana, com a pesquisa e apresentação constante de novas tecnologias, com a apresentação de novas cultivares, com novas formas de nutrição e adubação do cafeeiro. Tudo para proporcionar uma maior produtividade nas lavouras da região e, com isto, fazer com que o produtor consiga equacionar os custos de produção nas propriedades da região", finalizou Marcelo Jordão.

Os interessados em participar devem formalizar inscrições através do telefone (35) 3214-1411 ou pelo Email: rosiana@fundacaoprocafe.com.br, sendo os valores da inscrição de R$ 100,00 (inteira) ou R$ 50,00 (meia entrada para estudantes com carteirinha oficial).

 

Veja tambÉm: