Tecnologias

Procafé: Arroz pode ajudar no plantio de café Por José Braz Matiello

As plantas de arroz podem ajudar na proteção das plantas novas de café, no pós-plantio.

 

postado em 03/05/2017 | Há 4 meses

Elas oferecem sombra e formam barreiras, que atuam contra a erosão e os ventos.

O arroz é uma cultura que era muito plantada no meio dos cafezais no passado, na fase de formação das lavouras de café, visando complementar a renda e a alimentação das famílias da propriedade.

Muitos acham que o arroz é um cultivo associado a um ambiente de solo muito úmido, em tabuleiros inundados, o qual seria inadequado ao café, este cultivado em partes altas do terreno. No entanto, o Brasil conta com boa tecnologia em variedades de arroz de sequeiro e já produziu muito desse tipo de arroz no Centro-Oeste do pais (GO, MT, MG).

Na formação do cafezal o importante é verificar a forma adequada de usar o arroz como auxiliar, no pegamento e desenvolvimento inicial dos cafeeiros. Bons resultados têm sido obtidos, nesse sentido, com plantio de arroz em área total ou só na linha ou rua do cafezal, as plantas de arroz atuando pra evitar erosão e arranquio de mudas de café em plantios circulares, em pivôs. Paralelamente, verificou-se a boa proteção, também, contra ventos, evitando efeitos danosos, como o vergamento de plantas novas de café e a dilaceração de sua folhagem, alem de reduzir a incidência de doenças favorecidas pelo vento.

Melhor de tudo é que o arroz oferece 5 pontos positivos na combinação com o café – 1- O sistema radicular do arroz é volumoso e segura bem o solo. 2-É pouco exigente em nutrição. 3- Concorre pouco com o café, parecendo até favorecer. 4-Pode ser facilmente eliminado, quando necessário, por herbicida seletivo ao café. 5-Pode produzir alimento.

Pesquisas, em andamento, estão procurando viabilizar o uso de arroz em outras situações. Elas visam determinar o melhor modo de empregar o arroz para possibilitar o transplante de mudinhas de café diretamente no campo, sob sombra das plantas de arroz e, ainda, o uso desse cultivo pra sombrear mudas clonais de conillon, no pós-plantio.

Uma das dificuldades que se tem hoje, para uso do arroz em cafezais, por incrível que pareça, é a de encontrar suas sementes nas regiões cafeeiras (MG,ES, SP, BA,PR), pois,  ali, áreas de cultivo de arroz ou não existem ou são raridade.

Para complementar, vai aqui a indicação de variedades de arroz de sequeiro, conforme EMBRAPA. Colocamos aquelas recomendadas para o Estado de Minas – Van Cambará, Cirad 141, BRS-MG Relampago, Aimoré e Conai, BRS- Pepita,  Caiapó, Talento, Primavera e IAC 202.

Procafé 001

Procafé 002

Procafé 003

Procafé 004

J.B. Matiello e Iran B. Ferreira – Engs Agrs Fundação Procafé e J. R. Dias e Lucas Franco – Engs Agrs Fdas Sertãozinho

Fonte: Procafé
 

Veja tambÉm: