Comércio

Vietnã e Honduras aumentam exportações de café nos cinco primeiros meses do ano cafeeiro 2016/2017

Confira no Observatório do Café as principais análises e tendências da cafeicultura mundial do Relatório sobre o mercado de Café da OIC e Relatório Internacional de Tendências do Café da UFLA nas edições de março de 2017

 

postado em 29/04/2017 | Há 2 meses

O Vietnã, segundo maior produtor de café e principal produtor de café robusta do mundo, exportou 10,18 milhões de sacas de 60 kg, e Honduras exportou 2,31 milhões de sacas, nos primeiros cinco primeiros meses do ano cafeeiro de 2016/17. Essas exportações representaram aumento de 11,5%, no caso do Vietnã, e expressivos 35,6% de Honduras, em relação ao mesmo período do ano cafeeiro anterior, conforme o Relatório sobre o mercado de Café – março 2017, da OIC. A Organização destaca que houve uma redução do preço indicativo composto apurado pela Organização, no mês de março deste ano, o qual foi influenciado principalmente pelo aumento da oferta.

No contexto da avaliação do cenário mundial da cafeicultura, o Observatório do Café também recomenda leitura do Relatório Internacional de Tendências do Café do Bureau de Inteligência Competitiva do Café, que integra a Agência de Inovação do Café - InovaCafé, organização gerenciada pela UFLA que busca reunir conhecimentos das diferentes áreas relacionadas ao café e criar soluções e inovações para o setor.

Leia essas análises do setor cafeeiro no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café, e na página da Embrapa Café.

 

Veja tambÉm: