Comércio

Albaugh Brasil tem aumento de 56% em sua participação no mercado de defensivos agrícolas em 2016

Empresa se instalou no Brasil no ano passado

 

postado em 18/04/2017 | Há 1 semana

 
 
Com o lema menos custos, mais rentabilidade, a Albaugh Brasil tem se firmado no mercado de proteção de cultivos brasileiro, onde teve aumento expressivo de sua participação em 2016, saltando de 0,7% para 1,5% (+56%) -  a participação anterior é referente às empresas Consagro e Atanor, que se fundiram para a criação da Albaugh no ano passado.

Segundo o presidente da empresa, Renato Seraphim, esse incremento foi resultado de um forte investimento em processos, pessoas e qualidade de produtos, além de melhor posicionamento da marca no setor. “Temos uma equipe experiente e motivada, que promoveu uma verdadeira revolução nos valores e processos da Companhia”, explica.

Os resultados positivos confirmam a expectativa da empresa, que continua investindo em sua instalação e expansão no país. ”Crescemos em todos os setores, em herbicidas, inseticidas e fungicidas e ainda com presença nas cinco regiões do Brasil.”
 
Albaugh
 
A Albaugh é uma empresa norte-americana, fundada em 1979, que produz defensivos agrícolas pós-patente e tratamento de sementes. Nos últimos anos, a empresa teve uma expansão considerável no mundo e hoje tem operações no Brasil, Argentina, México, Canadá, China e Europa, além dos EUA. Atualmente, ocupa o 13º lugar em faturamento no mundo entre as empresas de agroquímicos.


No Brasil, a companhia possui uma fábrica em Resende (RJ), que tem capacidade para produzir 10 mil t/ano de fungicidas cúpricos e conta com produção de herbicidas de última geração, totalmente automatizada, com capacidade de 54 milhões de litros/ano de herbicidas seletivos e não seletivos. A planta tem 16 mil m² e está recebendo investimentos para elevar sua capacidade produtiva. Além disso, tem um escritório central em São Paulo (SP).

A empresa comercializa no País cerca de 20 produtos entre fungicidas/bactericidas, inseticidas, acaricidas, herbicidas e reguladores de crescimento.

 

Veja tambÉm: