Tecnologias

Importância do manejo do mato na entrelinha do café - Por Diego Bernardes

Aos cafeicultores e pessoas envolvidas no ramo!

 

postado em 15/03/2017 | Há 6 meses

Muitos fazem, muitos já ouviram falar e muitos não querem fazer de jeito nenhum. Sei muito bem da resistência em adotar essa técnica com cobertura
vegetal (mato), principalmente braquiaria, capim meloso e etc...

Pois bem, esse ano consegui fazer manejo apesar que já queria adotar o mesmo já a muito tempo, o resultado está acima do que eu esperava.
Basta olhar no vídeo e tirar suas próprias conclusões. Área de café Catuaí vermelho IAC144, sequeiro a 1100 metros de altitude indo para sua quinta safra, ano de safra baixa. O que foi preciso para manter essa cobertura? Respondo dizendo que esperar o mato ficar a sua altura máxima, nesse caso aí a braquiaria e depois passar o roçadeirão jogando o mato para debaixo da planta, fazendo uma linha sim e outra não para que mantenha os inimigos naturais das pragas que atacam o cafeeiro. Assim que a linha roçada já tenha massa suficiente para habitar os insetos, inicie a roçada na outra linha e por assim em diante.

Deixo claro que o mato não pode estar competindo com café, ou seja, na mesma linha em que o cafe esta plantado e sim na beca de café.

Nessa área fiz duas passadas apenas em cada linha desde a colheita passada.
O vídeo foi feito hoje e sendo que estamos desde o dia 01/03/2017 sem chuvas e às temperaturas estão atingindo 32 graus celsius e a umidade relativa do ar chegando até 34% apenas.

Mesmo com clima nada bom para o desenvolvimento, o café não parou de vegetar, isso devido a essa boa cobertura de mato evitando o calor excessivo próximo as raízes, retendo a umidade, servindo também de nutrição, melhorando em geral o solo e criando um ambiente ideal para o desenvolvimento das raízes e consequentemente das plantas.

Espero que possa ajudar alguém através desse vídeo e de minha experiência com esse manejo simples e fácil!
Estou a disposição!

Att;
Diego Bernardes.
pesquisa@coopadap.com.br

 

Veja tambÉm: