Produção

JDE Brasil é parceira do Viraser, na triagem de resíduos sólidos no Circuito das Águas

Em evento realizado hoje em Amparo, a Companhia, que produz marcas tradicionais de café como Pilão, Damasco, Caboclo e Café do Ponto, falou sobre a sua atuação e apoio às cooperativas que realizam a triagem de resíduos sólidos dos 12 municípios do Circuit

 

postado em 23/02/2017 | Há 3 meses

JDE Brasil é anunciada parceira investidora do Viraser, programa que investirá na destinação correta dos resíduos sólidos dos municípios que integram o Circuito das Águas (SP)
 
São Paulo, 23 de fevereiro, 2017 – Na manhã desta quinta-feira, 23, a JACOBS DOUWE EGBERTS (JDE), empresa global de cafés e chás, esteve presente no evento que lançou oficialmente o Viraser, Programa de Responsabilidade Compartilhada na Gestão de Resíduos que será implantado nos municípios paulistas que integram o Circuito das Águas.
 
Impulsionada pela paixão por cafés, cuidado com as pessoas e respeito pelo meio ambiente e alinhada à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a JDE Brasil, conhecida através de suas principais marcas, Pilão, Damasco, Caboclo e Café do Ponto, foi anunciada como parceira investidora do programa idealizado pelo Gaia Social, associação que atua na viabilização de parcerias entre os setores público e privado e, que têm como parceiro apoiador o Cisbra, Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico do Circuito das Águas, formado por 12 cidades, entre elas, Águas de Lindoia, Amparo, Itapira, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Morungaba, Pinhalzinho, Pedra Bela, Santo Antônio da Posse, Serra Negra, Socorro e Tuiuti.
 
O evento contou com a presença dos cooperados e representantes do poder público dos municípios abrangidos pelo Programa Viraser, que ouviram detalhadamente o escopo das ações que serão realizadas durante todo o ano de 2017. Por meio desse trabalho, a JDE investirá no mapeamento das necessidades particulares de cada cooperativa e, através da capacitação técnica e de gestão dos cooperados, contribuir para a destinação correta de cerca de 2 mil toneladas/mês de material potencialmente reciclável  que, de acordo com dados do Cisbra, são enviados para o aterro sanitário.
 
“Desde 2015, atuamos com o Gaia Social em um projeto para a Cooperativa Reviver, em Itatiba (SP). Estamos muito contentes com a oportunidade de expandir a nossa atuação em 2017. Temos convicção que a experiência somada em Itatiba nos possibilitará alcançar excelentes resultados junto às cooperativas que agora integram o programa Viraser”, afirma Marilene Justi, Diretora de Recursos Humanos da JDE.
 
Para o Gaia Social, o Viraser traz uma proposta de implementação possível e prática gerando impacto em toda cadeia. “A JDE é o nosso parceiro investidor que, através do conceito de responsabilidade compartilhada, acreditou no programa como uma forma possível de pensar o gerenciamento de resíduos de forma sustentável”, explica Maíra Pereira, Coordenadoria Executiva do Gaia Social.
 
“Acreditamos que o programa irá culminar na inclusão social e destinação correta dos resíduos gerados na região com um ganho em escala para todos os municípios do Circuito das Águas”, conclui Hilário Piffer Junior, Superintendente do Cisbra.

 

Veja tambÉm: