Consumo

Cafeteria da UFLA recebe estudantes da disciplina de Cafés Especiais

Estudantes de doutorado da UFLA discutem sobre torra e extração de cafés especiais.

 

postado em 30/01/2017 | Há 10 meses

Vanessa Trevisan (Ascom InovaCafé)

Cafeteria da UFLA recebe estudantes da disciplina de Cafés Especiais

Estudantes de doutorado de diferentes programas de pós-graduação da Universidade Federal de Lavras (UFLA), visitaram a Cafeteria Escola CafEsal no Centro de Convivência nesta quarta-feira (25/01), para discutir sobre torra e extração de cafés especiais.

Oferecida dentro do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola para alunos de doutorado da UFLA, a disciplina de Cafés Especiais é ministrada pelo professor do Departamento de Engenharia da UFLA, integrante do Comitê de Normas Técnicas da Specialty Coffee Association of America – SCAA, coordenador do Núcleo de Estudos em Pós-colheita do Café (Pós-Café) e editor chefe da Revista Coffee Science, Flávio Meira Borém.

Considerando que esse é um tema extremamente multifacetado e amplo, a disciplina tem o objetivo de oferecer aos alunos maior capacidade de discutir um fenômeno tão complexo e tão desconhecido que é a qualidade dos cafés especiais. Para que isso aconteça, a disciplina foi dividida em dois blocos, onde o primeiro é mais prático e voltado para análise sensorial de cafés especiais e o segundo é teórico, onde é estudado dentro do conteúdo os fatores que afetam a qualidade do café especial.

“Para preparar o grupo que é composto por agrônomos, engenheiros agrícolas e de alimentos, iniciamos a disciplina com a primeira parte de nivelamento em termos de análise sensorial, para depois avançarmos. Onde tentamos aprofundar o conteúdo, pois o foco dos estudantes é desenvolver teses relacionadas com café, para aumentar a capacidade deles de estudarem e discutirem as influências de fatores agronômicos, climáticos, genéticos, de processos, de torra e de preparo da bebida na qualidade do café especial”, explica Borém. 

A apresentação na Cafeteria ficou por conta da Gestora em Inovação do Café da Agência de Inovação do Café (InovaCafé), Barista responsável pela Cafeteria CafEsal, Helga Andrade e pela engenheira de alimentos, estudante de doutorado em Engenharia Agrícola na UFLA, Mariane Rabelo que abordaram a torra do café, a influência dos métodos de preparo, os fatores que interferem na extração e também como devem ser trabalhados esses fatores para explorar a qualidade de um café.

“Ao lidar com cafés especiais, atingimos um rigor maior no preparo, a fim de garantir a qualidade na xícara. Tudo isso para honrar o trabalho desenvolvido no campo e até a torração do grão, permitindo que o consumidor perceba os seus melhores atributos na bebida”, ressaltou Helga.

A agrônoma, estudante de doutorado em Engenharia Agrícola da UFLA, Giselle Figueiredo de Abreu falou sobre a importância da disciplina, “as aulas são sempre preparadas e conduzidas pelos estudantes com a supervisão do professor Borém, esse método de ensino que é um pouco diferente do método tradicional, sendo mais expositivo, faz com que o aluno tenha mais domínio do conteúdo apresentado, então nós estudamos bastante a fundo o conteúdo uma vez que precisamos transmitir o conhecimento para os nossos colegas tendo sempre intervenções do professor pontuando, conversando e aprofundando mais. O nível da teoria apresentada pelos alunos e o nível de discussão da disciplina é sempre muito elevado”.

 

Veja tambÉm: