Produção

OIC terá de escolher novo diretor

Com a morte na última sexta-feira do brasileiro Robério Oliveira Silva, ex-diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), a entidade iniciará o ano tendo que escolher um novo diretor para o posto.

 

postado em 05/01/2017 | Há 10 meses

Por Cristiano Zaia

OIC terá de escolher novo diretor

05/01/2017 - Com a morte na última sexta-feira do brasileiro Robério Oliveira Silva, ex-diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), a entidade iniciará o ano tendo que escolher um novo diretor para o posto. Silva, que morreu aos 53 anos em Belo Horizonte (MG), estava no posto desde novembro de 2011, e em outubro de 2016 foi reconduzido para um novo mandato até março de 2019.

Segundo fontes do Itamaraty, o estatuto da organização prevê a substituição do diretor executivo pelo membro mais antigo do Conselho da OIC, mas essa regra não valeria para casos de falecimento. Assim, os integrantes da organização terão de se reunir em breve para decidir sobre o assunto, antes de março, para quando está agendada a primeira reunião do ano de representantes dos 77 países-membros da OIC.

Uma fonte do Ministério da Agricultura avalia ser de interesse do Brasil manter um assento na diretoria-geral da OIC, e portanto o país pode indicar novo nome para assumir a função.

Em nota de pesar, a Pasta informou que Silva teria sofrido um infarto fulminante. O dirigente, que era natural de Pedra Azul (MG), foi enterrado no domingo. Em seu site, a OIC lamentou a morte e disse que “a dedicação de Silva à comunidade do café era excepcional”.

Segundo o ministério, Silva foi o primeiro brasileiro a assumir um posto de liderança na OIC. Entre os cargos que exerceu estão o de diretor do departamento do Café do Ministério da Agricultura e secretário de Produtos de Base do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

Fonte: Valor Econômico

 

Veja tambÉm: