Comércio

Tereos anuncia a aquisição da participação da Petrobras na Guarani

Hoje, a Tereos anuncia a assinatura de um acordo para aquisição da participação de 45,97% detida pela Petrobras na Guarani, por meio de sua subsidiária Petrobras Biocombustível, pelo valor de US$ 202 milhões

 

postado em 28/12/2016 | Há 4 meses

Através desta transação, a Tereos, que já detinha 54,03% do capital social da Guarani, aumentará sua participação para 100%, tornando-se assim a única acionista da Companhia.

Alexis Duval, diretor-presidente da Tereos, emitiu a seguinte declaração: "Estou muito satisfeito com o acordo que alcançamos com a Petrobras e quero agradecê-los pelo seu compromisso com a Guarani desde 2010. Essa transação está em linha com o anúncio da Petrobras de concentrar a sua atuação na exploração e produção de petróleo e gás natural. Para a Tereos, esta aquisição é uma oportunidade para fortalecer sua presença no Brasil, líder global na produção de açúcar.”

O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de açúcar, com uma participação de mercado próxima a 50% das exportações mundiais. Isso se deve à forte competitividade do Brasil, a melhor do mundo, baseada em seus ativos naturais, principalmente clima, e tecnologia da cana-de-açucar.

A Tereos é o terceiro maior produtor de açúcar do Brasil, por meio de sua subsidiária Guarani. Em um mercado de açúcar com crescimento constante nos países emergentes, esta posição é estratégica para a Tereos.

Na safra 2016/17, a Guarani processou cerca de 20 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para produzir 1,6 milhão de toneladas de açúcar, mais de 630 milhões de litros de etanol e comercializar mais de 1 GWh de bioeletricidade.

A Guarani possui sete unidades produtoras de açúcar e etanol (Andrade, Cruz Alta, São José, Severínia, Mandu, Tanabi e Vertente) e duas refinarias (Cruz Alta e Andrade), todas localizadas no Estado de São Paulo, a melhor área agrícola do Brasil para o cultivo de cana-de-açúcar. Com forte presença local, a Guarani mantém sólida relação com mais de 1.200 produtores de cana-de-açúcar, com os quais cultiva mais de 300.000 hectares de terras. O plantio e a colheita de cana-de-açúcar na Guarani são 100% mecanizados. A Guarani é pioneira na adoção de novas tecnologias de agricultura de precisão.

As unidades industriais da Guarani estão entre as mais modernas e competitivas do mundo graças a ambiciosos programas de competitividade e investimento desde a sua criação. Além das atividades tradicionais de produção de açúcar e etanol, graças aos programas de eficiência energética, a Guarani desenvolveu com sucesso uma sólida capacidade de vendas de energia à rede.

Após essa aquisição, a Guarani será renomeada Tereos Açúcar e Energia Brasil.

O fechamento desta transação está sujeito à aprovação das autoridades brasileiras de concorrência (Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade).

 

Veja tambÉm: