Comércio

Cooxupé anuncia novidades para edição 2017 da Femagri

Em 2017, a feira acontece entre os dias 08 e 10 de fevereiro em Guaxupé/MG, onde também fica a sede da maior cooperativa de café do mundo e organizadora do evento, a Cooxupé - Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé.

 

postado em 16/12/2016 | Há 3 meses

Porto Alegre, 16 de dezembro de 2016 - Ponto de encontro do produtor de café, a FEMAGRI - Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas - se consolidou como um dos mais completos eventos voltados para o produtor/cafeicultor, que necessita de atualização em maquinários e insumos para aumentar a qualidade e produtividade da lavoura. Em 2017, a feira acontece entre os dias 08 e 10 de fevereiro em Guaxupé/MG, onde também fica a sede da maior cooperativa de café do mundo e organizadora do evento, a Cooxupé - Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé.

Com o tema "Eficiência aumentando a rentabilidade e qualidade de vida", a 16 edição do evento reúne as mais tradicionais marcas de insumos agrícolas e maquinários do mercado, além de muita informação, tecnologia e inovações para a produção do grão café, divididas em 139 estandes e espaços temáticos.

Para auxiliar as negociações, o produtor rural cooperado conta com a facilidade de utilizar o seu café como moeda de troca. Do total do volume de negócios efetivados no evento nas últimas edições, 49% foram feitos desta forma. "Acredito que muito do sucesso da FEMAGRI está ligado ao diferencial de pagamento. São três anos para quitar a dívida, com taxas e condições que condizem tanto com o pequeno quanto médio e grande produtor do grão", avalia José Geraldo Olyntho Junqueira Filho, gerente Comercial da Cooxupé.

Novidades da edição

De acordo com o Elmo Donizetti, gerente de Planejamento e Administração da Cooxupé, uma das novidades desta edição será o Espaço Cooperado Consciente. "Vamos transformar o Espaço Gourmet em um local não só de culinária, mas também com palestras voltadas para temas ligados à administração de propriedade, como Tributação Rural e Gestão Financeira", revela.

A famosa "Fazendinha", espaço que traz na prática as novidades e tecnologias para o campo, além de atrações para o público infantil, como os mini animais, também irá ganhar um local destinado a história e serviços realizados pela Cooxupé. "Pretendemos ter no espaço réplicas de alguns setores da cooperativa, mostrando departamentos como a estação de geoprocessamento e o NEA, além de divulgar as boas práticas agrícolas e invenções dos cafeicultores da região", explica Mário Ferraz, gerente de Desenvolvimento técnico da Cooxupé.

Em 2016, a feira recebeu mais de 35 mil visitantes/compradores, resultando em uma geração de negócios 25% maior comparado ao ano de 2015 (R$ 122,971 milhões). Para 2017, a Cooxupé traz boas expectativas e espera números maiores que as edições anteriores.
 

Veja tambÉm: