Tecnologias

PROJETO QUE ENVOLVE DRONES NA AGRICULTURA É APRESENTADO AO SISTEMA OCB

A reunião contou, ainda, com a participação de representantes da empresa Qualcomm, especializada americana em novas tecnologias

 

postado em 15/12/2016 | Há 5 meses

PROJETO QUE ENVOLVE DRONES NA AGRICULTURA É APRESENTADO AO SISTEMA OCB

Brasília (15/12/16) – A redução dos custos de produção e o aumento da produtividade estão entre as muitas vantagens de um projeto inovador apresentado hoje de manhã, pelo diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Ladislau Martin, a representantes da OCB, em Brasília.

A reunião contou, ainda, com a participação de representantes da empresa Qualcomm, especializada americana em novas tecnologias, e que apresentou o um projeto que envolve o uso de drones na agricultura, objetivando o apoio às decisões que envolvem questões como seguro agrícola, por exemplo.

O assunto ainda será estudado pela unidade nacional da OCB para a definição de uma estratégia de parceria entre as instituições.

A Embrapa Instrumentação, a Qualcomm Incorporated, por meio da iniciativa Qualcomm® Wireless Reach™, e o Instituto de Socioeconomia Solidária (ISES) anunciam hoje (30) a colaboração para desenvolver tecnologias para drones, com o objetivo de apoiar os agricultores no Brasil. O evento será às 10h30, no Laboratório de Referência Nacional em Agricultura de Precisão (Lanapre), com a presença do diretor de Pesquisa & Desenvolvimento, Ladislau Martin Neto.

O Programa de Desenvolvimento de Tecnologias para o Uso de Drones em Agricultura de Precisão, cujo coordenador na Unidade é o pesquisador Lúcio Jorge, tem como objetivo demonstrar como essas soluções podem ser aplicadas para reduzir o impacto ambiental e aumentar a produtividade das culturas.

Os sistemas de bordo desenvolvidos para os drones - que combinarão a expertise da Embrapa em agricultura, algoritmos de processamento de imagem ao processador Qualcomm® Snapdragon™ e avançadas tecnologias móveis - têm como missão coletar, processar, analisar e transmitir informações das lavouras em tempo real para os agricultores e agentes ambientais de todo o Brasil.

Os dados de inteligência serão utilizados para detectar com precisão as deficiências das culturas, ocorrência de pragas, escassez hídrica, déficit de nutrientes e danos ambientais. Estas funcionalidades permitirão que os agricultores tomem medidas precisas para, por exemplo, evitar o uso demasiado de defensivos agrícolas, excesso de fertilização, além de possibilitar a irrigação de campos secos, a fim de reduzir o impacto ambiental e ampliar a produtividade.

Após o desenvolvimento de sistemas de bordo para drones, o programa terá testes de campo com os dispositivos e uma avaliação para medir o seu impacto econômico e social. Com isso, ainda será possível comprovar que os drones podem permitir a adoção de medidas imediatas em favor do meio ambiente e negócios, reduzindo ainda a consequência negativa das mudanças climáticas.

O chefe-geral da Embrapa Instrumentação, João Naime, avalia que a parceria celebrada com a Qualcomm vai permitir a disponibilização de tecnologias de processamento de imagens aéreas para produção de diagnósticos expeditos no campo, com essa inteligência agronômica embarcada nos processadores de alto desempenho da líder mundial em tecnologias móveis e de próxima geração. "Esperamos resultados expressivos para o aumento da competitividade e da sustentabilidade da atividade agropecuária no Brasil", afirmou.

"A agricultura desempenha um papel muito importante na economia brasileira", disse Rafael Steinhauser, presidente da Qualcomm América Latina. "A Qualcomm tem muito orgulho dessa parceria com a Embrapa para a criação de tecnologias móveis que ajudarão o país a reduzir o impacto ambiental e aumentar a produtividade no campo".

 

Veja tambÉm: