Mercado

Após quedas na semana passada, Bolsa de Nova York opera com leve alta nesta manhã de 2ª feira

As lavouras do Brasil, maior produtor e exportador da commodity no mundo, estão em plena florada e condições climáticas adversas neste momento podem prejudicar a produção em 2017.

 

postado em 24/10/2016 | Há 9 meses

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) voltaram a registrar alta nesta manhã de segunda-feira (24) após recuarem no fim da semana passada em ajustes técnicos. O tom positivo voltou ao mercado do arábica na última sexta-feira (21), quando os preços esboçaram leve reação após duas baixas consecutivas. As incertezas em relação ao abastecimento continuam pesando sobre os preços externos do grão.

As lavouras do Brasil, maior produtor e exportador da commodity no mundo, estão em plena florada e condições climáticas adversas neste momento podem prejudicar a produção em 2017. "O mercado de café teve mais uma semana difícil. A Bolsa de Nova York oscilou bastante e os contratos com vencimento em dezembro próximo acumularam alta de 70 pontos", afirmou o Escritório Carvalhaes em seu boletim semanal mais recente em referência ao fechamento da semana anterior.

Pelo horário de Brasília, às 09h42, o vencimento dezembro/16 estava cotado a 156,60 cents/lb com alta de 50 pontos, o março/17 registrava 160,05 cents/lb com avanço de 45 pontos. Já o contrato maio/17 estava sendo negociado a 162,10 cents/lb com 30 pontos positivos e o julho/17, mais distante, subia 10 pontos, cotado a 163,80 cents/lb.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Veja tambÉm: