Mais Café

Evento para mulheres realizado na Expocaccer inicia programação da Fenicoopa

Roteiro demonstrou os processos do café com foco na inserção feminina na atividade cafeeira.

 

postado em 06/09/2016 | Há 11 meses

ASCOM Expocaccer

Evento para mulheres realizado na Expocaccer inicia programação da Fenicoopa
Pensando na importância da inserção das mulheres na cafeicultura, a 10ª Feira de Negócios e Integração da COOPA iniciou sua programação com o evento “Elas no Café”. Realizado em parceria com a Expocaccer, um grupo de mulheres ligadas à cafeicultura teve na manhã do dia 03 de setembro, na sede da cooperativa, uma programação exclusiva contemplando o conhecimento das etapas do processamento do café após o beneficiamento na fazenda.
 
Na abertura, o presidente da COOPA, Renato Nunes, enfatizou a necessidade de manter as mulheres do café bem informadas e inteiradas de todas as vertentes do segmento, por isso a inovação de se iniciar a programação com este evento. De acordo com ele, o evento “será o primeiro de muitos em parceria com a Expocaccer, que é a casa do café em Patrocínio, sendo motivo de muita alegria por estarem reunidas aqui, mulheres da COOPA e também mulheres da Expocaccer, para conhecerem mais do processo do café fora da fazenda”.
 
Ainda na abertura, o presidente da Expocaccer, Ricardo Bartholo, enalteceu a importância da presença das mulheres na cafeicultura e, ao apresentar a Expocaccer para o grupo, falou da projeção da cooperativa para os próximos anos, dando um recado para o público feminino presente no auditório. “Como presidente da Expocaccer, tenho a incumbência de criar a nova Expocaccer, a Expocaccer de 2020, a qual tem pretensões de ser uma das maiores cooperativas de café e que será também a casa dos cafés finos do Brasil. Espero que vocês gostem do que verão e que, gostando, participem desta caminhada de novos horizontes que a Expocaccer está criando, incentivando seus maridos para esta nova empreitada de fazer algo grandioso, porém com amor”.
 
O evento
Inicialmente as convidadas participaram de uma explanação sobre fatores que garantem a qualidade do café e sobre a agregação de valor advinda destes cuidados, resultando em uma troca de experiências motivadora não só para o aprimoramento dos processos, bem como para o fortalecimento do papel da mulher no segmento.
 
Após a explanação, as mulheres seguiram para a Unidade 2 da Expocaccer onde puderam conhecer a magnitude do novo empreendimento da cooperativa inaugurado há apenas um ano, o qual conta com moderno maquinário e ampla estrutura para receber e processar o café com alta tecnologia, agilidade e segurança.
 
Conduzido pela agente de negócios da Expocaccer, Sandra Moraes, o grupo seguiu novamente para a sede da Expocaccer e tiveram um momento técnico com noções de classificação e degustação de café, bem como com a dinâmica de prova de café às cegas, estimulando o olfato e o paladar das participantes para reconhecer os atributos que garantem a qualidade no momento da classificação e, consequentemente, a melhor precificação.
 
Satisfação do aprendizado
Ao final da manhã a satisfação de aprender algo novo sobre o negócio da família, bem como descobrir maneiras de aprimorar o produto era nítida e facilmente sentida. Como conta a cafeicultora Ângela Maria de Faria. “A iniciativa deste evento foi ótima, foi uma manhã muito gostosa, com troca de experiências. Foi um excelente momento para aprendermos um pouco mais sobre a nossa atividade”.
 
A paranaense Maria Lúcia Bonilha Bürger, recentemente chegada a Patrocínio para auxiliar o pai na atividade, viu neste evento uma proveitosa oportunidade de aprender mais sobre a cafeicultura. “Percebi, durante o evento, algumas coisas que estava fazendo errado, estou bastante curiosa porque estou entrando agora neste mercado e ao me envolver, noto que a atividade é mais complexa do que eu imaginava. Daqui para frente quero me organizar para aprender cada vez mais”, declara.
 

Veja tambÉm: